Aberta a temporada de propostas de cursos no Centro Cultural São Paulo

O CCSP receberá inscrições para as linguagens artísticas estabelecidas no item 1.2, a saber: Artes Visuais, Literatura, Audiovisual, Dança, Teatro, Música e práticas interdisciplinares, abrangendo as seguintes categorias:

  • Teoria e Crítica: exercitar a experiência da reflexão teórica da arte a partir da produção de arte contemporânea, estimulando o debate e desenvolvendo instrumentais críticos, estudos histórico-sociais e/ou filosóficos para as práticas discursivas deste meio. 
  • Estudos Curatoriais: estimular, oferecer formação e troca de experiências sobre curadoria. Fomentar a criação de um espaço público de reflexão sobre as questões contemporâneas, considerando a importância política na expansão epistemológica da arte contemporânea. Propostas que aliem o conhecimento histórico do fenômeno curatorial e apresentem questões relevantes para a discussão no contexto brasileiro serão bem vindas.
  • História de(a) (linguagem artística): examinar as diversas expressões artísticas, escolas e estilos, e discutir algumas das principais questões contemporâneas que balizam a produção artística (em suas várias manifestações), a sua circulação cultural e a reflexão histórica, o sistema de arte no contexto da sociedade de massas, da desterritorialização da arte, local x global, hibridismos de linguagem e a retomada da produção nacional são temas de interesse especial para o Centro Cultural.
  • Processos de Criação: estimular uma visão crítica de questões fundamentais relacionada às artes, em seus diferentes meios de expressão e produção a partir da experiência prática. Esta área de atuação deve contemplar o tempo necessário de prática e dedicação pessoal dos participantes na construção de suas linguagens artísticas. Deve fomentar a investigação sobre procedimentos e técnicas, buscando contribuir efetivamente para a prática, análise e construção do conhecimento do fazer artístico e de suas  manifestações contemporâneas, além de abordar estratégias de realização de produções independentes, e análise e preparação de projetos para editais.
  • Acompanhamento de Produção Artística: oferecer a oportunidade de interlocução para a análise da produção de artistas em formação e identificação de possíveis desdobramentos de suas pesquisas em artes. Projetos nesta área devem indicar os interesses e esboçar a metodologia do artista orientador para a discussão de trabalhos e processos artísticos em desenvolvimento. 
  • Treinamento Prático da Escrita: oferecer propostas de exercícios práticos que serão aplicados conforme a metodologia do orientador do curso. Esta área de atuação prevê propostas de exercício para as diversas linguagens e gêneros artísticos.
  • Técnicas e Estilos: exercitar e disseminar a prática e a experimentação de uma ou mais técnicas, métodos e/ou conceitos de diferentes escolas (estilos).
  • Ensino e Aprendizado das Linguagens Artísticas: atualizar e instrumentalizar educadores, abordando, de forma crítica e criativa, questões relevantes ao ensino das diferentes linguagens artísticas, nos diferentes níveis de ensino formal e ensino não formal. Espera-se contribuir na formação continuada de educadores não apenas de arte, mas também das áreas humanas.
  • Mediação em Artes: oferecer formação aos interessados em discutir e praticar modos de ensino e aprendizado das linguagens artísticas, especialmente a partir da sua fruição. Esta área de atuação pretende explorar alguns modelos de mediação tomando como ponto de partida a programação do Centro Cultural.
  • Cultura e Vestibular: proporcionar aos estudantes que se preparam para o vestibular um contato aprofundado com o mundo da cultura a partir de abordagens alternativas dos conteúdos curriculares do ensino médio, articulando fatos e expressões culturais enfatizando as relações entre a cultura, as questões sociais, econômicas, e as disciplinas do ensino formal.

Edital: http://www.centrocultural.sp.gov.br/ccsp_editais.asp
Envio de propostas até 04/11/2010.

Centro Cultural São Paulo
3397-4036 e 3397-4037
www.centrocultural.sp.gov.br
www.acaoculturalccsp.blogspot.com

Anúncios

FAU em Concerto

[Clique na imagem para ampliá-la]

XVII Bienal Panamericana de Arquitetura de Quito





A BIENAL ABERTA, ARQUITETURA ROMPE SUAS FRONTEIRAS

A Bienal se realiza na cidade de São Francisco de Quito, Patrimônio da Humanidade, de 15 a 19 de novembro de 2010, com a confrontação de obras realizadas por arquitetos do continente americano, do Canadá ao Chile, organizada pelo Colégio de Arquitetos do Equador, núcleo da Província de Pichincha – CAE-P, através da Comissão Bienal. A XVII BAQ conta com o aval da União Internacional de Arquitetos (UIA), a Regional de Arquitetos do Grupo Andino (RAGA) e da Federação Pan-americana de Associações de Arquitetos (FPAA).    

A edição 2010 da Bienal Panamericana de Arquitetura de Quito A BIENAL ABERTA, A ARQUITETURA ROMPE SUAS FRONTEIRAS, visa analisar a arquitetura a partir de uma ótica diferente. O objetivo da Bienal de Arquitetura de Quito de propor o tema da BIENAL ABERTA, é trazer para discussão o ambiente arquitetônico a abertura de uma disciplina fechada, cuja ruptura produza um encontro onde se possam incluir as óticas da sociedade, da economia, da ciência, da cultura e da natureza. Com isto, analisar como todos os processos influem ou produzem equações que terminam em arquitetura.

Desde a visão global e outras visões, A BIENAL ABERTA busca identificar os problemas do nosso tempo em nosso entorno, e que o resultado possa incluir estes temas no ideário arquitetônico local, para replicar a experiência na variedade de incumbências que nós enfrentaremos na prática diária.

Na Bienal 2010 se fará um esforço para não fechar a discussão ao âmbito arquitetônico, por ser necessário produzir uma reflexão aberta nas diferentes manifestações culturais. Pretende-se por em comunicação a arquitetura com cinco diferentes aproximações com a realidade: NATUREZA, SOCIEDADA, ECONOMIA, CULTURA E CIÊNCIA.

As categorias de participação na confrontação de obras realizadas por arquitetos do continente americano são: A) Desenho Arquitetônico; B) Desenho Urbano; C) Hábitat Social e Desenvolvimento (CONCURSO MUNDIAL); D) Arquitetura da Paisagem; E) Reabilitação e Reciclagem; F) Teoria História e Crítica da Arquitetura e Urbanismo; G) Publicações Periódicas Especializadas.

A data limite de recepção dos trabalhos é até quarta-feira, 29 de outubro de 2010, no CAE-P, 18:00 h. (do Ecuador).

Contato:
Vania Avelar de Albuquerque – Arquiteta Urbanista
vania.avelar@mailcity.com

La Chaux-de-Fonds – Chandigarh – Brasil

[Clique nas imagens para ampliá-las]

 

Oswaldo Bratke Chair

[Clique na imagem para ampliá-la]

Lançamento do livro “Tecnologia indígena em Mato Grosso: habitação”

[Clique na imagem para ampliá-la]

 

III SEMINÁRIO DOCOMOMO SUL

Dias 8, 9 e 10 de novembro na FA-UFRGS, Porto Alegre

Os valores para inscrição até o dia  27 de Outubro são os seguintes:
não filiados do DOCOMOMO Brasil – R$250,00
filiados do DOCOMOMO Brasil – R$100,00
alunos de graduação – R$15,00 cada dia

após o dia 27 de Outubro:
não filiados do DOCOMOMO Brasil – R$300,00
filiados do DOCOMOMO Brasil – R$150,00
alunos de graduação – R$25,00 cada dia

Programa Geral

DIA 1 – PANORAMAS

manhã – Sessão de abertura, conferências e mesa redonda
Madeira e arquitetura moderna

Hugo Segawa – São Paulo 
Horacio Torrent – Santiago
Gustavo Scheps – Montevideo 
Fernando Diez – Buenos Aires
 
tarde – Sessão de comunicações e avaliação
Conferência – Fernando Távora por Ana Tostões – Lisboa

DIA 2 – DESENVOLVIMENTOS

manhã – Sessão de comunicações e avaliação

tarde – Sessão de comunicações e avaliação
Conferência – Álvaro Siza por Ana Tostões –Lisboa

DIA 3 – REFLEXOS

manhã – Sessão de conferências 
Madeira hoje: uma perspectiva nacional

Marcos Acayaba- São Paulo 
Marcelo Ferraz- São Paulo
Vinicius Andrade- São Paulo 
Thiago Bernardes- Rio de Janeiro

tarde – Sessão de comunicações e avaliação,
Sessão de encerramento: Ana Tostões- Lisboa

Comissão Cientifica

Carlos Martins – USP EESC
Renato Anelli – USP EESC
Abilio Guerra – UPM
Ruth Verde Zein- UPM
Hugo Segawa- USP
Monica Junqueira de Camargo – USP
Salvador Gnoato – UFPR
Irã Dudeque – UFPR
Ceça Guimaraens – UFRJ
Margareth da Silva Pereira – UFRJ

Convidados Especiais

Marlene Acayaba SP
Joana Mello SP
Martha Levisman Bs As

Maiores informações:
www.ufrgs.br/propar/