Origami industrial faz caixa de aço totalmente dobrável

[Clique na imagem para ampliá-la]

 

Origami, a famosa arte oriental da dobradura em papéis já havia chegado à biotecnologia, com os origamis de DNA, e até à robótica, originando um novo conceito chamado “matéria programável”.

Agora ela chegou também a uma área onde o material parece bem mais difícil de dobrar: as embalagens metálicas.

Origami metálico

Zhong You e Weina Wu, da Universidade de Oxford, pegaram a mesma técnica de dobradura usada em papéis e a aplicaram para construir uma sacola metálica que pode ser totalmente dobrada quando não está em uso.

A caixa metálica de origami poderá ser útil para carregar produtos do supermercado, mas os cientistas esperam mesmo é que ela revolucione o sistema industrial de empacotamento.

Os painéis solares da Estação Espacial Internacional foram levados para o espaço totalmente dobrados.

Mas, até agora, isso não era possível para as embalagens rígidas que devem sair da fábrica de embalagens e ir até a fábrica dos produtos que elas vão embalar, com o frete representando um significativo adicional de custo devido não tanto ao peso, mas ao volume a ser transportado.

Caixa dobrável

Os engenheiros queriam sobretudo saber se era possível fabricar uma embalagem de um material rígido – metal, de plástico ou mesmo de papelão – que pudesse ser dobrada para o transporte sem precisar abrir sua parte inferior.

A questão é importante para o setor de embalagens – hoje, as caixas rígidas de papelão só podem ser dobradas para o transporte se suas partes superior e inferior estiverem abertas.

“Se você já fez uma mudança [de residência] sabe o tempo que é gasto montando a base da caixa antes que qualquer coisa possa ser colocada lá dentro – isso é ainda pior em uma linha de montagem,” diz You.

Caixas de embalagens que já cheguem com o fundo montado representarão um ganho significativo de tempo, além da possibilidade de automação do processo.

O protótipo foi construído com chapas de aço inoxidável coladas sobre um plástico flexível – se funcionar com aço inoxidável funcionará com qualquer outro material rígido, afirmam os pesquisadores.

As bordas onde as placas de aço se encontram funcionam como vincos, as marcas onde as dobras devem ser feitas.

Casa de origami

Mas os pesquisadores não querem limitar suas “brincadeiras” de origami às embalagens.

Para Erik Demaine, do MIT, um matemático que lida há muito tempo com os padrões teóricos usados em dobraduras, o maior sonho dos “engenheiros de origami” é construir casas inteiras de materiais rígidos que possam ser reconfiguradas de acordo com as necessidades do morador.

Se eles conseguirem resolver o emaranhado de equações necessárias para isso, “então algum dia sua cozinha poderá ter armários que se dobram e desaparecem para liberar espaço e você poderá até mesmo dobrar sua televisão para guardar,” sonha ele.

“Isso ainda está longe de se tornar realidade, mas ver essas caixas metálicas rígidas totalmente dobráveis é um passo significativo rumo a isso,” conclui Demaine.

Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=origami-industrial-caixa-aco-dobravel&id=010170110405&ebol=sim