Koolhaas em São Paulo: ‘agora, volto os olhos para o campo’

Arquiteto holandês veio ao Brasil para divulgar a exposição na Casa de Vidro, de Lina Bo Bardi, que deve ser aberta ao público em 2012

Por Bianca Antunes, da revista AU

A cidade tão fortemente analisada por Rem Koolhaas deve agora passar um tempo de descanso. “É um clichê dizer que todos mudaram para as cidades. Hoje me interesso mais pelo campo, pelo que as pessoas deixaram para trás. É o que estou pesquisando agora”, revelou Koolhaas no teatro do Sesc Pompeia, esta quinta-feira (25).

Koolhaas esteve em São Paulo para o lançamento da exposição na Casa de Vidro de Lina Bo Bardi, em São Paulo, que contará com obras de artistas e arquitetos internacionais – como o próprio Rem Koolhaas, Sanaa e Paulo Mendes da Rocha – muitas criadas especialmente para o espaço. A exposição acontece de setembro de 2012 a janeiro de 2013 – e isso é o que chamamos de planejamento holandês. A exposição terá curadoria de Hans Ulrich Obrist

Koolhaas fez uma palestra mostrando seu trajeto profissional – segundo ele, de “starving architect” (arquiteto com fome) até o star architect e, no futuro, o retired architect (o arquiteto aposentado). Nessa trajetória, falou da sorte que teve por começar sua carreira em uma Roterdã devastada pela guerra – e, por isso, com muita oportunidade de trabalho, poucos recursos e muita criatividade. “A pobreza é um ótimo ambiente para começar a carreira”, pontuou.

A grande questão a ser levada em conta hoje, segundo o arquiteto de Nova York Delirante (1978), é como o crescimento da economia se refletiu na relação dos arquitetos – principalmente os ‘star architects’ – com seus contratantes, a maioria privados. “Nos tiraram o domínio do público”, alega.

Esta não é a primeira vez que Koolhaas vem a São Paulo. O arquiteto já esteve na cidade em 2002, quando em meio às discussões do evento Arte/Cidade, propôs a instalação de um novo elevador no legendário São Vito, vizinho do Mercadão e demolido recentemente pela prefeitura paulistana. Perguntado pela plateia sobre qual sua opinião sobre São Paulo, Koolhaas disse que suas experiências e sensações mudam a cada dia. Mas que vê muitas semelhanças com cidades como Lagos, Jacarta e Manila.

E há quem alegue que o arquiteto está de olho no Brasil – o site de arquitetura Archdaily anunciou em reportagem sobre estrangeiros no Brasil que o OMA deve abrir seu escritório em solo brasileiro.

 Fonte: PINIweb

Anúncios

II Seminário Internacional Políticas Culturais

 

 

O setor de Pesquisa de Política e Culturas Comparadas da Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB/MinC) promove, em parceria com o Itaú Cultural, II Seminário Internacional Políticas Culturais – Desafios: os campos da formação em gestão cultural e da produção de informações. O seminário, com participação gratuita, acontece de 21 a 23 de setembro, no auditório e na sala de curso da FCRB. Serão conferidos certificados para participantes com 75% de freqüência. Informações e inscrições: politica.cultural@rb.gov.br e 21 3289.4636.

O evento é um encontro de especialistas, estudiosos e interessados nas questões relativas à área de políticas culturais, com o objetivo de divulgar trabalhos e promover debates no campo das ações políticas, das reflexões históricas, das reflexões teóricas e de práticas. Os principais eixos de discussão serão a produção de informações para a elaboração de políticas públicas de cultura e o processo de formação de gestores para as atividades dentro do mesmo campo. O seminário é composto por seções de conferências, palestras e mesas de comunicações individuais, sendo aberto para o público em geral. Organização de Lia Calabre e Maurício Siqueira.

Programação geral:

:: 21 de setembro, quarta-feira

8h30
Inscrições

9h
Mesa de Abertura – Auditório
Fundação Casa de Rui Barbosa
Observatório Itaú Cultural

9h30
Conferência I – Auditório
La gestión cultural para la paz en México: formación de jóvenes promotores culturales para la reconstitución del tejido social
José Antonio Mac Gregor (presidente de Praxis Gestión Especializada A. C.)

10h30
Mesa – Auditório
Formação no Campo da Gestão Cultural – Ações de formação do Observatório Itaú Cultural para gestores de cultura: desafios de motivação e continuidade
Selma Cristina Silva (gerente do Observatório e do Centro de Documentacão do Itaú Cultural; formação em Filosofia, Biblioteconomia e Letras)
Programa de formação na área da gestão pública: a experiência piloto SAI/MinC e Secretaria de Cultura da Bahia
Lia Calabre (doutora em História – pesquisadora da Fundação Casa de Rui Barbosa)
Aprendizagem colaborativa: a educação a distância como ferramenta de difusão de conhecimento
Maria Helena Cunha (mestre em Educação e especialista em Planejamento e Gestão cultural; diretora da Inspire Gestão Cultural e da DUO Editorial)
O campo acadêmico da produção cultural: Desenvolvimento, interseções e interlocuções
Leandro Mendonça (PPGCA/UFF e Nedac/PPED/UFRJ)

15h
Comunicações Mesa I – Auditório
Experiências Internacionais

Comunicações Mesa II – Sala de Cursos
Políticas Culturais – História I

17h
Intervalo

17h30
Comunicações Mesa III – Auditório
Financiamento, Sustentabilidade e Práticas Culturais

Comunicações Mesa IV – Sala de Cursos
Diversidade e Culturas Populares: Debates Diversos

:: 22 de setembro, quinta-feira

9h
Comunicações Mesa V – Auditório
Políticas locais e desenvolvimento

Comunicações Mesa VI – Sala de Cursos
Política cultural e direitos culturais

11h15
Comunicações Mesa VII – Auditório
Cultura, Redes e Sustentabilidade

Comunicações Mesa VIII – Sala de Cursos
Políticas Culturais – História II

15h30
Conferência II – Auditório
Ecosistemas de Información Compleja… porque tomar decisiones en política pública es un asunto de información de calidad!
Cissi Montila (Asesora para la creación de Sistemas de Información Cultural, Indicadores y Estudios de Público en Centroamérica – AECID; Secretaria Ejecutiva de las Políticas Públicas Culturales del Conaculta 2006-2009)

16h30
Intervalo

17h
Mesa II – Auditório
Percepções e práticas no campo da cultura

Pesquisas de percepção no campo da cultura
Frederico Barbosa (Ipea)

Percursos metodológicos de um mapeamento sociocultural da zona sul de SP
Ana Paula do Val (artista plástica graduada pela Escola de Belas Artes de Frankfurt, Alemanha; especialista em Políticas Culturais, Artes e Tecnologia pela Universidade Paris VIII, França)

Movimento seresteiro e desenvolvimento da cidade de Conservatória
Micael Herschmann (professor e pesquisador do PPG em Comunicação da UFRJ e coordenador do Núcleo de Estudos e Projetos em Comunicação – Nepcom – da Escola de Comunicação da UFRJ)

Avaliação dos planos e ações de salvaguarda de bens culturais registrados como patrimônio imaterial brasileiro
Leticia Vianna (pós-doutora em Antropologia Social/ Consultora DPI-Iphan)
Morena Salama (dutoranda em Antropologia Social/ Consultora DPI-Iphan)

:: 23 de setembro, sexta-feira

9h
Comunicações Mesa IX – Auditório
Políticas Públicas e Patrimônio

Comunicações Mesa X – Sala de Cursos
Instituições e Políticas Setoriais

11h15
Comunicações Mesa XI – Auditório
Políticas Setoriais

Comunicações Mesa XII – Sala de Cursos
Políticas Públicas de Cultura: entre os Conceitos e as Práticas

15h
Conferência III – Economia Criativa – A Secretária de Economia Criativa e o Plano Brasil Criativo
Claudia Leitão (Secretária de Economia Criativa)

16h
Intervalo

16h15
Mesa III  – Estudos Setoriais

Leis de incentivo à cultura via renúncia fiscal no Brasil
César Bolaño (professor da UFS e do PPG-UnB; coordenador do GT de Economia Política da Alaic)
Joanne Motta (pesquisadora do Observatório de Economia e Comunicação –
Obscom/UFS)
Fábio Moura (pesquisador do Observatório de Economia e Comunicação – Obscom/UFS)
Economia da Moda no Brasil: perspectivas para o setor
Alessandra Meleiro (pós-doutorado na University of London em Media and Film Studies; pesquisadora associada do Cebrap)

Cadeia produtiva da economia da música em Belo Horizonte, Minas Gerais
Marta Procópio (Centro de Estudos de Política Pública da Fundação João Pinheiro)

Economia das exposições de arte contemporânea: reflexões preliminares
Ana Leticia Fialho (doutora em Sociologia da Arte pela École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris; consultora em Gestão e Desenvolvimento de Projetos Culturais
Ilana Seltzer Godstein (doutoranda em Antropologia Social na Unicamp; consultora de Gestão Cultural e docente da FGV e do Senac)
O mercado de artes plásticas
Fabio Sá Earp (GENT – Grupo de Pesquisas em Economia do
Entretenimento do IE/UFRJ)
George Kornis (Uerj/ GENT – Grupo de Pesquisas em Economia do
Entretenimento do IE/UFRJ)

Mesas de Comunicações:

:: 21 de setembro, quarta-feira

15h
Comunicações Mesa I – Auditório
Experiências Internacionais

Observatorio Venezolano de Cultura y Desarrollo: una necesidad en tiempos de cambio
Ana Afanador; Melany Centeno; Kelvin Malavé; Cesar Pastran; e Amanda Soriano (mestrado em Gestión y Políticas Culturales de la Universidad Central de Venezuela/ Asociación Venezolana de Investigadores y Profesionales de La Gestión Cultural).

La forma de nombrar al destinatario de las políticas culturales em los gobiernos locales de la Argentina
Jose Alejandro Tasat (docente titular da Untref; diretor de Investigación del Instituto de Politicas Culturales da Untref)

Como avaliar uma política cultural e fracassar na tentativa: o caso do programa Identidad Entrerriana (Argentina)
Juan Ignácio Brizuela (mestrando do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade IHAC / UFBA)

Mediação cultural no Quebéc: elos de democratização e cidadania
Ney Wendell (doutorando do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas UFBA, pesquisador da Fapesb)

15h
Comunicações Mesa II – Sala de Cursos
Políticas Culturais – História I

Um estudo de caso de política cultural e patrimônio cultural: CFC. A tentativa do resgate do portal da Escola Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, em 1976.
Monike Garcia Ribeiro (doutoranda e bolsista (Capes) do Programa de Pós-Graduação em História Comparada, IFCS / UFRJ)

O teatro em questão: um balanço sobre as experiências da Comissão e do Serviço Nacional de Teatro (1936-1945)
Angélica Ricci Camargo (mestre em História Social, UFRJ; técnica em Assuntos Culturais do Arquivo Nacional)

“Mi Buenos Aires querido”: o tango como expressão da nacionalidade argentina nas políticas culturais do regime peronista (1946-1955)
Raquel Paz dos Santos (professora do PPG em História Comparada; coordenadora do Laboratório de Estudos Brasil na América do Sul – Lebas/Laboratório de Estudos do Tempo Presente)

Política Cultural e a atuação do Conselho Nacional de Cultura (1961-1964)
Lilian Araripe Lustosa da Costa (mestre em História, Política e Bens Culturais CPDOC/FGV; bolsista da Fundação Casa de Rui Barbosa)

17h30
Comunicações Mesa III – Auditório
Financiamento, Sustentabilidade e Práticas Culturais

O neoliberalismo e seu impacto na política cultural brasileira
André Coutinho Augustin (mestrando do PPG em Economia, UFRJ)

Consumos culturales: una discusión sobre las prácticas de los sectores subalternos y los criterios de financiación de las políticas publicas em cultura
Maximiliano Duarte Asquitapace (mestrando Iesp/Uerj; docente da Facultad de
Ciencias Sociales da Universidad de la República)
Deborah Duarte Asquitapace (mestre en Estudios Latinoamericanos en la Universidad Autónoma de Barcelona)

Política de financiamento cultural: análise do Programa Cultura Viva em três estados brasileiros
Anny Karine de Medeiros (mestranda em Administração Eaesp/FGV)

A experiência do Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ) e sua inserção na economia criativa
Isaura Botelho (consultora da Fundap)
Margret Althuon (técnica da Fundap)
Mônica Landi (técnica da Fundap e professora do Departamento de Economia da FEA/PUC-SP)

Museus, que mercado é esse?
Maria Elisabete Arruda de Assis (mestrado e doutorado em Antropologia UFPE; chefe da Divisão de Estudos e Pesquisas na Coordenação de Estudos Sócio-Econômicos e Sustentabilidade do Departamento de Difusão, Fomento e Economia dos Museus do Ibram)

17h30
Comunicações Mesa IV – Sala de Curso
Diversidade e Culturas Populares: Debates Diversos

Notas sobre diversidade cultural e identidades de gêneros
Ana Maria Correia (mestranda no Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade, UFBA)

A arma da cultura e os universalismos parciais
Clara Cristina Jost Mafra (professora adjunta do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Uerj)

O lugar das culturas populares no sistema MinC: a institucionalização das políticas culturais para as culturas populares
Elder Patrick Maia Alves (professor adjunto ICS e do PPG em Sociologia da Ufal)

Políticas públicas culturais e participação
Eneida Braga Rocha Lemos (diretora do Departamento de Difusão, Fomento e Economia do Ibram)
Ena Elvira Colnago (coordenadora da Coordenação de Difusão e Desenvolvimento de Parcerias do Ibram)

Novos atores sociais nas políticas culturais: reflexões sobre a participação social nas políticas para culturas populares
Giordanna Santos (doutoranda do Programa Multidisciplinar Cultura e Sociedade da UFBA; bolsista Fapesb)

:: 22 de setembro, quinta-feira

9h
Comunicações V – Auditório
Políticas Locais e Desenvolvimento

Políticas culturais e desenvolvimento socioeconômico: alternativas de produtores e articuladores culturais em Boa Vista, no estado de Roraima
Elena Campo Fioretti (mestre em Economia /UFRGS e Mestre em Ciência da Educação Superior UMCC/Cuba; vice-presidente do Conselho Estadual de Cultura de Roraima)
Stefano Florissi (professor dr. do Departamento de Economia da UFRS)

Políticas culturais na Bahia: panorama histórico
Hanayana Brandão Guimarães Fontes Lima (mestranda do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade da UFBA; professora da Uneb)

Políticas culturais no Amazonas (1997-2010)
Rila Arruda da Costa (cientista social e mestra em sociologia, Ufam)

Incentivando a cultura no estado do Rio de Janeiro: uma nova regulamentação para uma nova visão de cultura
Mariana Várzea (museóloga, mestre em história social UFF; superintendente da Lei de Incentivo SEC do Rio de Janeiro)

9h
Comunicações VI – Sala de Curso
Política Cultural e Direitos Culturais

Artistas circences: importância na cultura brasileira e questões jurídica relevantes
Vanessa Batista Oliveira Lima (mestre em Direito Constitucional; professora de Direito do Trabalho da Universidade de Fortaleza).

Direitos culturais no Brasil e uma breve análise do Programa Cultura Viva
Sophia Cardoso Rocha (mestra pelo Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar em Cultura e Sociedade da UFBA)
Ana Lúcia Aragão (mestranda do Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar em Cultura e Sociedade da UFBA)

A questão autoral no Ministério da Cultura durante o governo Lula
Helena Klang (mestre em Comunicação PPGCOM-UERJ; pesquisadora-bolsista do Setor de Políticas e Culturas Comparadas da Fundação Casa de Rui Barbosa)

O direito à memória: análise dos princípios constitucionais da política de patrimônio cultural no Brasil (1988-2010)
José Ricardo Oriá Fernandes (doutor em História da Educação, USP; consultor legislativo da área de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados)

11h15
Comunicações VII – Auditório
Cultura, Redes e Sustentabilidade
Políticas culturais vivas: raízes e redes do movimento enraizados
Barbara Peccei Szaniecki (pesquisadora de pós-doutarado na Esdi/Uerj)
Rociclei da Silva (mestre Ibict/Ministério da Ciência e Tecnologia)

Pontos de Cultura e economia solidária – aproximações e possibilidades
Luana Vilutis (doutoranda do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade da UFBA; foi pesquisadora do Ipea na avaliação do Programa Cultura Viva em 2010 e 2011)

Sustentabilidade na cultura – da diversidade cultural à sustentação financeira
Liliana Sousa e Silva (doutora em Cultura e Informação, ECA/USP; docente do Senac/SP no curso de pós-graduação Gestão Cultural: Cultura, Desenvolvimento e Mercado)

O trabalho da cultura e a lógica dos pontos
Pedro B. Mendes (doutorando em Ciência da Informação Ibict/UFRJ; pesquisador autônomo ligado à rede Universidade Nômade)

A causa coletiva: políticas públicas culturais para o cenário das redes sob a perspectiva da ecologia digital (a experiência brasileira)
Eliane Costa (mestra em Bens Culturais e Projetos Sociais pela CPDOC/FGV)

11h15
Comunicações VIII – Sala de Curso
Políticas Culturais – História II

Políticas culturais de organismos privados: o caso da Fundação Cinemateca Brasileira (1975-1984)
Laura Bezerra (doutoranda do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade UFBA; bolsista da Capes)

Folclore e políticas culturais no Brasil nas décadas de 1960/1970
Ana Lorym Soares (mestre em História Social da Cultura PUC-Rio; pesquisadora bolsista do Iphan)

A política editorial do Instituto Nacional do Livro no Regime Militar
Andréa Lemos Galucio (pós-doutoramento em História, UFF)

Política cultural nos ano 70: controvérsias e gênese do Instituto Nacional de Música da Funarte
Clayton Daunis Vetromilla (professor no Instituto Villa-Lobos do Centro de Letras e Artes, UniRio)

Incentivos fiscais para as artes: balanço histórico e perspectivas futuras
Marcelo Gruman (doutor em Antropologia Social PPGAS/MN/UFRJ; especialista em Gestão de Políticas Públicas de Cultura; Funarte/MinC)

:: 23 de setembro, sexta-feira

9h
Comunicações IX – Auditório
Políticas Públicas e Patrimônio

Revitalização de áreas históricas: perspectivas, práticas e resultados
Fernanda Daniela Chaves Rocha (mestranda do Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar em Cultura e Sociedade UFBA)

Trajetória, descentralização e aproximação: as políticas de prreservação do patrimônio cultural imaterial no âmbito do Plano de Ação para as Cidades Históricas – PAC/CH
Francimário Vito dos Santos (Consultor da Unesco)

Memória e patrimônio em uma colônia: políticas culturais para a diversidade
José Roberto Severino (professor adjunto do Departamento de Comunicação da Facom/UFBA; Pesquisador do Cult/UFBA)

Entre a lógica de mercado e a cidadania: os modelos de gestão do patrimônio cultural
Mônica Starling (economista e mestre em ciência política, pesquisadora do Centro de Estudos de Políticas Públicas da Fundação João Pinheiro)

9h
Comunicações X – Sala de Curso
Instituições e Políticas Setoriais

Estado e políticas culturais
Paula Félix dos Reis (doutoranda PPG em Cultura e Sociedade, Facom/UFBA)

Bibliodiversidad: una mirada a las políticas culturales estatales
Ivana Mihail (doutora em Antropologioa, UBA; becaria postdoctoral Conicet ; integrante do Programa de Antropología de la Cultura, ICA, UBA; docente de la Maestría en Gestión Educativa, Unsam)

Notas sobre a participação de organismos multilaterais na construção de políticas culturais de acesso ao livro e promoção da leitura no Brasil e na Colômbia
João Vanderlei de Moraes Junior (mestrando do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade UFBA; pesquisador, Cult/UFBA)

Em direção ao diálogo entre culturas: temporadas culturais, grandes eventos e festivais como políticas culturais internacionalistas.
João Henrique Catraio Monteiro Aguiar (mestrando em Relações Internacionais, Uerj; professor de Sociologia, Colégio Pedro II)

11h15
Comunicações XI – Auditório
Políticas Setoriais

Múltiplos olhares sobre as políticas públicas de cultura: artistas, pontos de cultura e Estado
Ana Teresa A. Vasconcelos (mestre em História, UFF; administradora cultural na Funarte/RJ)

A dança na esfera do poder federal: espaços de representatividade, condições de existência e esboços para uma agenda política
Marila Velloso (professora da Unespar, representante da região macro sul no colegiado setorial de dança)

Estado e cinema no início do século XXI: características da formação da Ancine
Marcelo Ikeda (professor do Curso de Cinema e Audiovisual, UFC; mestre em Comunicação, UFF)

Democracia, democracia cultural e o Revelando os Brasis
Fernanda Oliveira Santos (mestranda do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade, UFBA)

Política linguística para a diversidade: uma política cultural
Giovana de Sousa Rodrigues (redatora da Câmara Municipal de Belo Horizonte; mestre em Educação e Linguagem, UFMG)

11h15
Comunicações XII – Sala de Curso
Políticas Públicas de Cultura: entre os Conceitos e as Práticas

Pensar os intelectuais: desde a pós-colonialidade e a partir das políticas culturais contemporâneas
Fayga Rocha Moreira (doutoranda do PPG em Cultura e Sociedade, UFBA; bolsista Capes)

Pontos de cultura e os novos paradigmas das políticas públicas culturais: reflexões macro e micropolíticas
Ariel Nunes (historiadora e mestranda em Antropologia Social, UFG)

Uma política cultural para as artes para além do fomento à produção e ao consumo
Bernardo Novais da Mata-Machado (ator e diretor de teatro; historiador e cientista político, UFMG; pesquisador da Fundação João Pinheiro; diretor de Programas Integrados da SAI/MinC)

Desafios contemporâneos na gestão pública, entre o tangível e o intangível: o caso do Programa Cultura Viva
Deborah Rebello Lima (mestranda do Programa de História Política e Bens Culturas CPDOC/FGV; bolsista do Setor de Políticas e Culturas Comparadas da Fundação Casa de Rui Barbosa)

Fonte: Fundação Casa de Rui Barbosa (http://migre.me/5AbHU)

Palestra “A estética política dos grandes projetos urbanísticos em Berlim”, na FAU Maranhão

[Clique na imagem para ampliá-la]

Palestra aberta ao público. Não é necessária inscrição.

Palestrante: Prof. Martin Gegner
Data: 30 de agosto de 2011
Horário: 17h
Local: Sala dos Espelhos – FAU Maranhão – R. Maranhão, 88
Informações: 3017.3150

Fonte: Eventos FAU

Em Brno, turista encontra joias da arquitetura vanguardista

Fonte: Folha.com

Junto a seus marcados rasgos de cidade industrial, que Brno começou a demonstrar ainda na monarquia Austro-Húngara e que logo se acentuaram no século 20, a segunda cidade da República Tcheca é depositária de numerosas joias da arquitetura vanguardista.

Ainda que o exemplo mais conhecido desse patrimônio seja a famosa Villa Tugendhat, desenhada pelo arquiteto alemão Ludvig Mies van der Rohe, essa cidade de 400 mil habitantes no sudeste do país, a poucos quilômetros da fronteira com a Áustria, tem muito mais preciosidades arquitetônicas.

FUNCIONALISMO
Destacam-se o recinto de feiras, com os pavilhões de Bohuslav Fuchs e Pavel Janak, o crematório de Ernst Wiesner, um dos precursores racionalistas da nova corrente, e vários outros edifícios do “international style”, como foi chamado o funcionalismo.

“Mies van der Rohe [1886-1969] foi um dos grandes representantes desse estilo e continuou, em Brno, o conceito que começou no pavilhão da Alemanha durante a exposição mundial de Barcelona de 1929”, afirmou Jano Plavka, arquiteto que trabalha em um plano urbanístico do distrito antigo de Brno.

“Daqui, Mies van der Rohe -que caiu em desgraça com o regime nazista de Adolf Hitler- passou logo a desenhar arranha-céus em Chicago, segundo esse mesmo padrão funcionalista, com essas fachadas limpas, de cristal”, afirmou Plavka.

DINHEIRO E DESIGN
Em Brno, capital do histórico Margraviato de Morávia, os grandes empresários do carvão e da indústria têxtil tinham suas mansões. Entre eles, os Tugendhat, uma família de industriais com interesse nos setores têxtil, açucareiro e do cimento que encarregou Van der Rohe desse projeto inovador -que logo levantou tantas discussões sobre sua adequação ou não para se viver.

O certo é que Fritz e Greta Tugendhat ocuparam felizmente por oito anos, até 1938, aquela casa, integrada organicamente ao jardim, com ar-condicionado, solo de mármore travertino, palissandra, ébano e madeiras indonésia e malaia, janelas de correr, poltronas Barcelona, tudo isso feito com conhecimento de causa especialmente para a Villa Tugendhat.

Os nazistas confiscaram a moradia no final dos anos 30. Posteriormente, as filhas menores do casal, Ruth e Daniela, nascidas no exílio na Venezuela, tentaram sem êxito ter de volta a casa familiar, que passa por uma reconstrução integral desde 2010.

Essa renovação, preservando ao máximo os materiais originais, custou € 6,5 milhões, 80% deles financiados pela União Europeia. O resto do montante foi pago pela Prefeitura de Brno.

“Conservamos 60% do mobiliário original, parte vendida pela própria família, e não exatamente barato”, disse Iveta Cerna, administradora do imóvel, que voltará a abrir para o público em março do ano que vem.

Além da Villa Tugendhat, entre os destaques arquitetônicos de Brno também estão o hotel Avião, de Fuchs; o edifício dos Correios; e a colônia “Novy Dum”, localizada a oeste da cidade.

 

 

MAC no Ibirapuera?

Leia o informativo USP Destaques, sobre a transferência do MAC para o Ibirapuera:

Face à divulgação parcial pela imprensa do ofício enviado pela USP ao Governo, tendo como tema a transferência do MAC para o Ibirapuera, esta edição do boletim USP Destaques leva ao conhecimento da comunidade uspiana o teor do documento. O leitor poderá buscar respostas às questões nele formuladas e fazer o seu próprio juízo de valor acerca da questão.

Leia mais aqui: USP Destaques 37

Rem Koolhaas vem ao Brasil para lançamento de projeto de exposição na Casa de Vidro

Fonte: PINI.Web

Arquiteto do escritório OMA participa de conversa aberta com o curador da mostra, que acontece em São Paulo no ano que vem.

Na próxima quinta-feira (25), o arquiteto Rem Koolhaas, do escritório OMA, vem ao Brasil para participar, juntamente com a designer Petra Blaisse, de uma conversa aberta com Hans Ulrich Obrist, curador da mostra que acontecerá na Casa de Vidro, sede do Instituto Lina Bo e P. M. Bardi, em setembro de 2012.
 
O evento acontecerá em São Paulo, no teatro Sesc Pompeia, e marcará também a divulgação da relação dos trabalhos de artistas e arquitetos que farão parte da mostra. A entrada é gratuita e os ingressos poderão ser retirados no próprio local, com uma hora de antecedência ao evento.
 
Mais informações pelo telefone (11) 3871-7700
 
Serviço:
Lançamento do projeto de exposição na Casa de Vidro
Data: 25 de agosto de 2011
Horário: 11h
Local: Teatro do Sesc Pompeia
Endereço: Rua Clélia, 93, Pompeia – São Paulo (SP)
 

Novas Aquisições – 23/09/2011

Livros

Autor: Amaral , Aracy A
Título: Sérvulo Esmeraldo
Data: 2011 
Artes Plásticas–século 20-Brasil
Artistas Plásticos–Brasil 
709.81 Es53

Autor: Araújo, Renata
Título: As cidades da Amazônia no século XVIII: Belém, Macapá e Mazagão
Data: 1998 
Belém (PA) (História) — século 18
Macapá (AP) (História) — século 18 
711.40981 Ar15c

Autor: ArchiLab Conference (2008 Orléans, France)
Título: ArchiLab Europe 2008
Data: 2008 
Arquitetura (Exposições) — Europa
Planejamento Territorial — Europa 
720.940 Ar69

Título: Atlas de centros históricos do Brasil
Ano: 2007 
Centros Históricos — Brasil 
R981 At65

Título: Avenida Paulista, a síntese da metrópole
Data: 2002 
Ruas e Avenidas — São Paulo (SP)
981.611 Av34

Autor: Baltanás, José
Título: Le Corbusier promenades
Data: 2005
Arquitetura Moderna — século 20 – Europa 
724.944 B216le

Autor: Boelens, Luuk
Título:  The urban connection: an actor-relational approach to urban planning
Data: 2009 
Planejamento Territorial Urbano 
711 B633u

Autor: Campos, Cristina de
Título: Território e cidades: projetos e representações
Data: 2011 
Urbanização (História) — Brasil
Arquitetura Moderna (Historia) — Brasil 
307.76 T278

Título: Capital: São Paulo e seu patrimônio arquitetônico
Data: 2010 
Arquitetura – Brasil: São Paulo (SP)
Edifícios – Brasil: São Paulo (SP) 
720.981611 C172

Autor: Castilho, Sonia Salcedo del
Título: Cenário da arquitetura e da arte:
Data: 2008 
Artes
Exposições de Arte 
707.4 C278c

Autor: Cipolla, Larissa Cataldi
Título: Legislação urbanística e edifícios modernos em São Paulo entre 1927-1957 como patrimônio cultural
Data: 2011 
Legislação urbana (Transformação) 1927-1957
Arquitetura moderna — São Paulo (SP) 
F711.172 C495L

Autor: Costa, João Pedro
Título: Bairro de Alvalade: um paradigma no urbanismo português
Data: 2006 
Arquitetura–Lisboa
Planejamento Territorial Urbano – Lisboa 
720.9469 C823b

Autor: Druot, Frederico
Título: Plus: la vivienda colectiva: território de excepcíon
Data: 2007 Arquitetura Moderna — França 
724.944 D845p

Autor: Falcon, Francisco Jose Calazans
Título: Iluminismo
Data: 2004 
Filosofia Moderna
Iluminismo 
194 F181i

Título: Feldstudien: zur neuen Asthetik urbaner Landwirtschaft
Data: 2010 
Arquitetura  Paisagística –Alemanha
Arquitetura de Terra–Alemanha 
712.094 F333

Título: Global urbanization
Data: 2011 
Política Urbana
Planejamento Territorial Urbano
301.363 G51

Título: Historia de Portugal
Data: 1998 
História de Portugal (Aspectos Socioeconômicos; Aspectos Sociopolíticos) 
946.9 H629

Autor: Jorge, Luis Antônio
Título: A condição contemporânea: memória e cultura na arquitetura e na cidade Rio de Janeiro
Data: 2010 
Cidades (Aspectos Culturais)
Arquitetura Moderna 
F363.69 J768

Autor: Jornadas de Segurança aos Incêndios Urbanos 2 Coimbra 2011
Título: Actas das comunicações das 2as Jornadas de Segurança aos incêndios urbanos
Ano: 2011 
Prevenção de Incêndio 
628.92 J769j

Autor: Lopez, Adriana
Título: História do Brasil: uma interpretação
Data: 2008
Historia do Brasil (Crítica e Interpretação) 
981 L881h

Título: Luzes e sombrs: arte papel
Data: 2010 
Artes Plásticas (Exposições) 
707.4 L979

Autor: CortésSolano, Rodrigo
Titulo: Ciudad aparte:
Data:2011 
Cidades universitárias–Bogotá 
727.3 C818c

Autor: Monteys, Xavier
Título: Le Corbusier
Data: 2005 
Arquitetura Moderna–século 20–França
Arquitetos
724.944 M764L

Título: Muntadas: informacão espaço controle
Data: 2011
Arte Conceitual
Instalação (Artes Plásticas) 
707.4 M928

Autor: Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães
Título: Coleção Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães
Data: 2005
Arte Moderna (exposições)–século 20–Brasil
Arte Moderna (Exposições) –século 21–Brasil
709.0481 M972c

Autor: Paiva, Ana Paula Mathias de
Título: A aventura do livro experimental
Data: 2010 
Impressão (Historia)
Design Gráfico 
002 P166a

Autor: Powell, Ken
Título: New London architecture
Data: 2005
Arquitetura Moderna–século 20–Inglaterra Edifícios–Londres; Inglaterra
724.942 P871n

Autor: Rossa, Walter Auteur
Título: A urbe e o traço: uma década de estudos sobre o urbanismo português
Data: 2002 
Planejamento Territorial Urbano–Portugal 
711.409469 R733

Título: Roteiros históricos a pé próximos a São Paulo
Data: 2008 
Turismo Histórico–São Paulo
Patrimônio Cultural–São Paulo 
910.981611 R741

Autor: Rozestraten, Artur Simões
Título: Reflexiones acerca del papel de las representaciones en el proceso de diseño arquitetônico basadas en conceptos de Henri Bergson
Ano: 2011
Desenho Arquitetônico
F720.28 R817C

Título: Showrooms
Data: 2005
Arquitetura de Interiores
747 Sh82

Autor: Simpósio CPC.USP São Paulo 2010
Titulo: Memória trabalho e arquitetura: caderno de resumos
Data: 2010 
Patrimônio Cultural 
708.047063 Si57

Autor: Spangenberg, Jörg
Título: Nature in megacities: São Paulo/Brazil
Data: 2009
Climatologia
Impactos Ambientais
574.50981 Sp24

Autor: Torelly, Aparicio
Título: Zubblemend to Alle…manha
Data: 2006
Sátira e Humor (Literatura)–século 20–Brasil Periódicos–Brasil
869.5 T631z

Autor: Unwin, Simon
Título: Análisis de la arquitetura
Data: 2003
Arquitetura (Teoria)
720.1 Un9a

Teses

Dissertação (Mestrado)
Autor: Bardese, Cristiane Ikedo
Título:Arquitetura industrial
Data: 2011 
Patrimônio Arquitetônico (Preservação)
Edifícios Industriais (Preservação) 
725.4 B235a

Tese (Doutorado)
Autor: Barros, Sandra Augusta Leão
Título: Revisitando as definições e espacialidades acerca da denominação “bairro”
Data: 2011 
Paisagem Urbana
Áreas centrais–Recife (PE) 
711.6 B278r

Dissertação (Mestrado)
Autor:Batle, Alexandre Orzakauskas
Título: O papel do desenho na formação e no exercício profissional do arquiteto
Data: 2011 
Desenho Arquitetônico (Estudo e Ensino)
Desenho (Estudo e Ensino)
741.407 B321p

Dissertação (Mestrado)
Autor: Benvenga, Bruna Maria de Medeiros
Título: Conjuntos habitacionais, espaços livres e paisagem:
Data: 2011 
Conjuntos Habitacionais–São Paulo (SP)
Espaços Livres—São Paulo (SP) 
711.58 B447c

Dissertação (Mestrado)
Autor: Cremasco, Matteo Santi
Título: Fundamentos da arquitetura pós-moderna:
Data: 2011 
Teoria da Arquitetura
Historia da Arquitetura 
720.1 C862m

Tese(Doutorado)
Auto: Daufenbach, karine
Título: A modernidade em Hans Broos
Data: 2011
Arquitetura Moderna–Alemanha; Brasil 
724.943 D265m

Tese(Doutorado)
Autor: Dodd, Frank Anthony Barral
Título: Análise quantitativa da ocorrência de imagens de produtos na bibliografia de design para representação do campo de atividade do design de produto
Data: 2011
Desenho Industrial
Produtos 
745.2 D661a

Dissertação (Mestrado)
Autor: Ferrari, Dalva Olívia Azambuja
Título: Estudo comparativo entre o processo criativo na arquitetura e na joalheria com ênfase …
Data: 2011 
Design (Projeto)
Arquitetura (Projeto) 
745.4 F412e

Dissertação (Mestrado)
Autor: Ferreira, Laurita Bravo
Título: Licenciamento ambiental e arborização urbana
Data: 2011 
Arborização–São Paulo (SP)
Legislação Ambiental 
715.148 F413L

Dissertação (Mestrado)
Autor: Figueiredo, Renata Dias de Gouvêa de
Título: Expografia contemporânea no Brasil
Data: 2011 
Design (Exposições)
Cenografia (Exposições) 
745.4074 F469e
DVD 289

Dissertação (Mestrado)
Autor: Freitas, Ana Paula de
Título: Parque Natural do Pedroso
Data :2011 
Áreas de conservação—Santo André (SP)
Urbanização 
719.76 F884p

Dissertação (Mestrado)
Autor: Guardani, Mariana Gonçalves
Título: Fotógrafos estrangeiros na cidade:
Data: 2011 
Fotografia (Historia)—São Paulo (SP)
Fotógrafos
770.98161 G931f

Dissertação (Mestrado)
Autor: Habara, Claudio
Título: Carro em cartaz
Data: 2011 
Design e Arquitetura
Automóveis
741.6 H113c

Dissertação (Mestrado)
Autor: Leão, Lícia Cotrim Carneiro
Título: O espaço livre público e a visão cotidiana da paisagem
Data: 2011 
Espaços Livres–Laranjeiras (SE)
Espaços Público–Laranjeiras (SE)
711.52 L476e

Dissertação (Mestrado)
Autor: Leonelli, Carolina
Título: Lina Bo Bardi { experiências} entre arquitetura, artes plásticas e teatro
Data: 2011 
Arquitetura Moderna
Artes Plásticas 
724.9 L553L

Dissertação (Mestrado)
Autor; Lopes, Ana Carolina Louback
Título: Os meandros da produção pública na construção da paisagem periférica paulistana
Data: 2011 
Políticas Públicas
Paisagem urbana 
350.07 L881m

Dissertação (Mestrado)
Autor: Marques, Cristiana Alexandre Pasquini Feltrin
Título: Arquitetura em Presidente Prudente
Data: 2011 
Arquitetura Moderna–Presidente Prudente (SP)
724.98161 M348

Dissertação (Mestrado)
Autor: Massabki, Paulo Henrique Bernardelli
Título: Centros e museus de ciência e tecnologia
Data: 2011 
Museus (Arquitetura)
Museus de Ciência e Tecnologia
727.6 M382c

Dissertação (Mestrado)
Autor: Nakagawa, Carolina Teixeira
Título: Reflexos sociais e impactos territoriais
Data: 2011 
Segregação Urbana
Distribuição Espacial 
301.45 N145r

Dissertação (Mestrado)
Autor: Pareto Junior, Lindener
Título: O cotidiano em construção:
Data: 2011 Construção Civil (Historia) –São Paulo (SP)
Arquitetura (Historia) –São Paulo (SP) 
690.98161 P216c

Tese(Doutorado)
Autor: Pedro, Ana Paulo Giardini
Título: A idéia de ordem:
Data: 2011 
Teoria da Arquitetura
Historia da Arquitetura 
724.1 P343i

Tese(Doutorado)
Autor: Rabelo, Clevio
Título: Arquitetos da cidade
Data: 2011 
Mercado de trabalho-1925-1935-Rio de Janeiro (RJ)
Arquitetura (Historia)–1925-1935 Rio de Janeiro (RJ) 
720.25 R112a

Tese(Doutorado)
Autor: Reis, Ana Carla Fonseca
Título: Cidades criativas
Data: 2011 
Planejamento Territorial Urbano (Teoria)
Cidades 
711.4 R277c

Tese(Doutorado)
Autor: Reis, Magda Netto dos
Título: Esquadrias de Alumínio:
Data :2011 
Materiais de Construção
Esquadrias 
691 R277e

Tese(Doutorado)
Autor: Resende, Adson Eduardo
Título: Salas de controle
Data: 2011 
Edifícios de Escritórios
Avaliação Pós-Ocupação 
620.82 R311s

Dissertação (Mestrado)
Autor: Rodrigues, Ângela Rosch
Titulo: estudo do patrimônio industrial com uso fabril da cidade de São Paulo
Data: 2011 
Patrimônio (Preservação)–São Paulo (SP)
Edifícios Industriais–São Paulo (SP) 
725.4 R618e

Dissertação (Mestrado)
Autor: Romani, Elizabeth
Titulo: Design do livro-objeto infantil
Data: 2011
Design Gráfico
Projeto gráfico
741.60981 R661d

Dissertação (Mestrado)
Autor: Sguizzardi, Silvio
Titulo: Modelando o futuro:
Data; 2011
Projeto de Arquitetura
Computação Aplicada
006.6 Sg74m

Dissertação (Mestrado)
Autor: Silva, Marcos Virgilio da
Titulo: Debaixo do Progréssio
Data: 2011
Urbanização –década de 50; década 60–São Paulo (SP)
História Urbana–São Paulo (SP) 
301.363 Si38d

Dissertação (Mestrado)
Autor: Souza, Lara Melo
Titulo: Chaminés e arranha-céus: uma abordagem sobre processos…
Data: 2011
Patrimônio Cultural (Preservação)—São Paulo (SP)
720.288 So85c

Tese (Doutorado)
Autor: Souza, Maria Luiza Zanatta de
Titulo: Um novo olhar sobre “Da fábrica que falece a cidade de Lisboa” Francisco de Holanda…
Data: 2011 
Historia da Arquitetura—Portugal
Historia da arte–Portugal 
720.9469 So89n

Dissertação (Mestrado)
Autor: Souza, Thais Cristina Silva de
Titulo: Cortiços em São Paulo: programas/vistorias/relatos
Data: 2011
Cortiços–São Paulo (SP)
Habitação–São Paulo (SP) 
711.138161 So89c

Tese (Doutorado)
Autor: Tamanini, Carlos Augusto de melo
Titulo: Reconstrução acústica das salas de cinema projetadas pelo arquiteto Rino Levi
Data: 2011
Acústica Arquitetônica
Cinemas 
534.84 T15r

Tese (Doutorado)
Autor: Uzum, Mônica dos Santos Dolce
Titulo: A requalificação de edifícios altos residenciais no centro da cidade de São Paulo
Data:2011 
Edifícios Residenciais–São Paulo (SP)
Edifícios Altos–São Paulo (SP) 
720.483 Uz8

Dissertação (Mestrado)
Autor: Valli, Adriana
Titulo: Armazenamento residencial
Data: 2011 
Projeto de Arquitetura
Apartamentos 
724.98161 V242a v.1-3

Dissertação (Mestrado)
Autor: Veloso, Pedro Luis Alves
Gesto técnico: interferências da modelagem digital na criação arquitetônica
Data: 2011 
Arquitetura (Representação)\Computação Aplicada 
720.183 V546g

Dissertação (Mestrado)
Autor: Vianna, Fabiano Borba
Estudo e evolução do projeto de apartamentos de Curitiba
Data : 2011 
Apartamentos–Curitiba (PR)
Edifícios residenciais–Curitiba (PR)
728.1 V656e

Dissertação (Mestrado)
Autor: Villares, Fernanda carvalho Ferreira
Titulo: A construção do espaço através da luz
Design
Iluminação (Design)
621.32 V71c

Dissertação (Mestrado)
Autor: Zólio, Julciléa Cristina
Titulo: Lugares esquecidos
Data: 2011
Patrimônio Arquitetônico (Preservação)–Dourado (SP)
Nova Europa 
363.69 Z74L