Para setembro de 2012: Casa de Vidro terá exposição de star architects e artistas internacionais na residência de Lina Bo Bardi

Obras de Rem Koolhaas, Sanaa, Cildo Meireles e Paulo Mendes da Rocha, entre outros, irão compor a exposição na casa onde moraram Lina Bo e Pietro Maria Bardi

Por Bianca Antunes, da revista AU

 Ao adquirir sua agenda de 2012, anote: de setembro a janeiro de 2013 tem exposição na Casa de Vidro, de Lina Bo Bardi, em São Paulo. Pode ser uma chance única de entrar na casa modernista da arquiteta – atualmente, a visitação é extremamente restrita. A exposição terá curadoria do holandês Hans Ulrich Obrist e produção de Isabela Mora em colaboração com o Instituto Lina Bo Bardi. 

 

 Casa de Vidro, de Lina Bo Bardi

O evento para divulgação da exposição, dia 25/09, contou com a presença do arquiteto holandês Rem Koolhaas, que fez uma palestra sobre sua trajetória de trabalho e respondeu perguntas da plateia no teatro Sesc Pompeia.

Koolhaas será um dos arquitetos a criar obras para a exposição. A ideia do curador é combinar obras diversas no ambiente residencial de Lina Bo Bardi, de autores como Cildo Meireles (Brasil), Paulo Mendes da Rocha (Brasil), Rem Koolhaas (Holanda) e Kazuyo Sejima e Ryue Nishizawa, do Sanaa (Japão). Muitas obras serão criadas especialmente para o espaço.

“Pela exposição de trabalhos individuais, irá emergir uma reconfiguração temporária da Casa de Vidro, o ponto focal da exposição”, conta o curador. “Fiz a curadoria de uma série de exposições em antigos espaços domésticos que desde então se tornaram casas-museus lidando com a ideia de exposição não apenas como algo que ocupa um espaço, mas como um evento que ocorre ao longo do tempo”, afirma.

Concluída em 1951, a Casa de Vidro foi a primeira obra arquitetônica integralmente construída de Lina Bo Bardi. Foi tombada em 1987 pelo Condephaat, como patrimônio histórico, e hoje abriga a sede do Instituto Lina Bo e P.M. Bardi, responsável pela catalogação da obra de Lina, pela organização e conservação da coleção de arte, dos objetos e dos móveis que conviviam com o casal e ali permanecem intactos.

Fonte: PINIweb

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: