Álvaro Siza admite que pode fechar escritório por falta de projetos em Portugal

Nem mesmo o vencedor do prêmio Pritzker, Álvaro Siza Vieira, está imune da crise econômica que assola Portugal nos últimos anos. Sem projetos no país, o arquiteto admite, em entrevista para a rádio portuguesa Renascença, que fechar o seu escritório “não está fora de possibilidade”.

“Seria para mim uma coisa dolorosa, que tenho responsabilidade pelas pessoas que trabalham aqui. Não é ponderável, é admitir ver que as coisas estão mal. Tenho que admitir para não ser apanhado de surpresa”, explica Siza ao salientar que não é o primeiro a tomar essa atitude, já que outros arquitetos de tradição também fecharam as portas de seus escritórios.

Embora o arquiteto português tenha propostas de trabalho em países como a Coreia do Sul, China e Japão, Siza afirma durante a entrevista que os projetos internacionais são feitos em parceira com outros escritórios e desenvolvidos nesses locais, por isso não há rentabilidade de se manter o espaço.

Os clientes do arquiteto no país luso estão sem dinheiro para investir em novos projetos arquitetônicos, principalmente o governo, que, segundo Siza, aceitar um novo projeto pode ser um risco, mas ressalta que não tem intenções de sair do mercado. “Se não trabalho, aborreço-me”, finaliza.

http://vmais.rr.sapo.pt

Confira o vídeo da entrevista concedida à rádio Renascença:

Fonte: ARQ!BACANA
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: