Curso: Outras trajetórias do patrimônio edificado: arquiteturas e profissionais em São Paulo, no CPC-USP

Estudo das vinculações entre a escrita da história da arquitetura e do urbanismo e as ações preservacionistas em São Paulo, de modo a problematizar a tutela patrimonial como ação do poder público e como instrumento de cidadania e de direito à memória.

Este curso se propõe a debater as origens e os desdobramentos da (não)-preservação, por parte dos órgãos públicos de proteção do patrimônio; analisar e discutir como os agentes envolvidos na produção do espaço – tanto aqueles com formação acadêmica (engenheiros e arquitetos), como os projetistas “anônimos” – foram tratados pela historiografia atinente ao patrimônio edificado além de apontar as origens conceituais da não incorporação à agenda patrimonial de exemplares verificados em grande parte do estado, bem como vislumbrar outras trajetórias possíveis na constituição do patrimônio edificado paulista.

Ministrantes

Fernando Atique
Doutor em História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo – FAU-USP
Professor de História, Espaço e Patrimônio Edificado, no Departamento de História da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Manoela Rossinetti Rufinoni
Doutora em História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo – FAU-USP
Professora de Museologia e Patrimônio no Departamento de História da Arte da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Curso de difusão

20 horas

Período

21 de maio a 18 de junho, às terças e quintas-feiras, das 9h30 às 12h.

Público Alvo

Estudantes de graduação e pós-graduação das ciências humanas, comunicação e artes, professores, educadores e profissionais de áreas afins.

Programa

21 de maio
A Historiografia Tradicional e a Produção Arquitetônica não selecionada: o conceito de patrimônio no Brasil e a predileção pela excepcionalidade espacial

23 de maio
De “Mecenas” a “Problema”: a relação projetista-cliente na historiografia do patrimônio edificado

28 de maio
Contradições na Historiografia: arquitetos consagrados e sua produção ignorada
Profª. Convidada: Drª. Ana Paula Farah (PUCCAMP)

04 de junho
Outros Profissionais da mesma cena: os “anônimos” e a construção da cidade

06 de junho
Os espaços da indústria e a expansão do conceito de patrimônio a preservar: arquitetos consagrados e construtores anônimos no universo da produção fabril

11 de junho
Os desafios das ações preservacionistas frente aos bens urbano-arquitetônicos de recente valorização: dificuldades e limites operacionais do instrumento do tombamento

13 de junho (aula de campo)
Por uma preservação ampliada dos espaços urbanos paulistas: mosaicos de um “estoque patrimoniável” – I (Brás / Mooca)

18 de junho (aula de campo)
Por uma preservação ampliada dos espaços urbanos paulistas: mosaicos de um “estoque patrimoniável” – II (Aclimação)

TAXA

R$ 150,00 (inscrição + envio do certificado pelos Correios)

PRÉ-INSCRIÇÕES

22 de abril a 05 de maio de 2013

CRITÉRIO DE SELEÇÃO
Análise de justificativa de intenção, priorizando-se no preenchimento das vagas, a seguinte distribuição: 15 vagas para profissionais da área, 15 vagas para estudantes e pesquisadores atuantes na área, 10 vagas para interessados em geral.

VAGAS: 40

Vagas gratuitas: 5
Docente: 1
Discente: 1
Funcionário: 1
Terceira idade: 1
Outros/Comunidade: 1

PROCEDIMENTO DE INSCRIÇÃO:

22/04 a 05/05/2013 – Preencher a ficha de inscrição na íntegra e justificativa de intenção, que será disponibilizada na seção DOWNLOADS. Depois de preenchida, enviar para o e-mail cpc1@usp.br ou fax 11 3106-3562. Serão recebidas as 100 primeiras pré-inscrições. Após a seleção os candidatos serão orientados, via telefone ou e-mail, sobre os procedimentos para pagamento e efetivação da inscrição.

POLÍTICA DE ISENÇÕES

Serão vistos caso a caso, pela Diretoria do CPC, sendo os critérios: 1) ordem de solicitação no ato da inscrição. 2) sócio-econômico – que possibilitará beneficiar aqueles que não tenham condições de pagar a taxa de inscrição.

CRITÉRIO DE APROVAÇÃO NO CURSO

Frequência mínima exigida de 85% bem como participação nas atividades. Carga horária mínima de 17h para aprovação do aluno.

Periodo: 21/05/2013 18/06/2013
Horário: 9h30 às 12h
Local: Os eventos são realizados na sede do CPC-USP / Casa de Dona Yayá, Rua Major Diogo, 353, Bela Vista, São Paulo, SP.

Fonte: CPC-USP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: