Curso de Difusão “Proteção de Bens Culturais: concepções e práticas”, no CPC-USP

proteção

 

Ministrante: Profa Dra Marly Rodrigues

Pré-inscrições até 12 de julho.

Diante da crescente ampliação do conceito de patrimônio cultural, vem se tornando cada vez mais necessário divulgar e discutir sua importância enquanto vetor de memórias sociais e o desempenho dos órgãos de preservação na constituição desse universo de representações culturais. O objetivo do curso é apresentar e discutir o desenvolvimento da ideia de proteção aos bens culturais a partir do conjunto de bens tombados e/ou protegidos por meio de outros instrumentos legais pelo poder público, entre as décadas de 1930 e 2000, com destaque para os momentos de transformações conceituais e metodológicas que influíram nos resultados obtidos.

PROGRAMA
Encontro 1 – A PRESENÇA DO PASSADO NO COTIDIANO
Observação das práticas cotidianas: a sociedade e o lugar de seus diversos passados.
Os passados representados no universo de bens protegidos pelo poder público.
O sentido social da construção de passados.
Passados e cultura material: os significados individuais e coletivos.

Encontros 2 e 3 – A INSTITUCIONALIZAÇÃO DE UM PASSADO COLETIVO: IDEIAS E PRÁTICAS, 1930 – 1970
Contextos histórico-culturais.
Contornos de um campo específico de conhecimento: a preservação de bens materiais.
A nação brasileira como protagonista da preservação.

Encontro 4 e 5 – A INSTITUCIONALIZAÇÃO DE UM PASSADO COLETIVO: IDEIAS E PRÁTICAS, 1970 – 1990
Contextos histórico-culturais.
Novas questões: memória e ambiente.
Outro personagem, a cidade: preservação, funções e re-apropriação dos espaços públicos.
Mundialização de valores culturais particulares.

Encontro 6: A INSTITUCIONALIZAÇÃO DE UM PASSADO COLETIVO: IDEIAS E PRÁTICAS, 1990 – 2010
A ampliação do universo conceitual e a prática preservacionista em São Paulo.
Entes administrativos brasileiros e as responsabilidades de proteção aos bens culturais.
Preservação e políticas públicas.

Encontros 7 e 8 – DOS ARTEFATOS AOS FAZERES
As representações imateriais e a preservação de bens culturais.
Os atuais instrumentos legais de proteção aos bens culturais.
Desafio: redesenho de competências; gestão.

Público-alvo: amplo, de interessados, profissionais e estudantes

Período: 4 a 27/8, terças e quintas-feiras, das 18 às 21h.

Carga horária: 24h

Pré-inscrições até 12/7/2015 no link http://goo.gl/forms/kODyHkVuai

Total de vagas oferecidas: 40

Taxa de inscrição: R$ 180,00 (inscrição + envio do certificado pelos Correios)

Vagas gratuitas: 5
Docente: 1
Discente: 1
Funcionário: 1
Terceira idade: 1
Outros/Comunidade: 1

Política de Isenções
Serão vistos caso a caso, pela Diretoria do CPC, sendo os critérios: 1) ordem de solicitação no ato do envio da ficha de pré-inscrição. 2) sócio-econômico – que possibilitará beneficiar aqueles que não tenham condições de pagar a taxa de inscrição.
IMPORTANTE: manifestar intenção pela isenção da taxa.

Critérios de Seleção
Análise de justificativa de intenção.

Critérios de aprovação
Frequência mínima exigida de 85%, bem como participação nas atividades. Carga horária mínima de 21h para aprovação do aluno.

Fonte: CPC-USP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: