Curso de difusão “Lugares de Memória das Ditaduras na América Latina”, no CPC-USP

memoria am latina

 

Coordenador:
Prof. Dr. Renato Cymbalista

Especialistas:
Ana Paula Ferreira de Brito
Deborah Regina Leal Neves
Katia Regina Felipini Neves
Milton Luiz Belintani Filho
Ricardo Ramos Assumpção
Rodrigo Luis Millan Valdes

As ditaduras e o terrorismo de estado são elementos recorrentes na história da maior parte dos estados nacionais latino- americanos na segunda metade do século XX, em que pesem as especificidades dos processos históricos de cada país. As narrativas e acontecimentos dos períodos autoritários, assim como as correlações de forças e a mobilização social, resultaram em processos diferentes de mobilização – ou apagamento – dos lugares associados à memória dos diferentes períodos autoritários. Em São Paulo, nos últimos anos vem crescendo e amadurecendo a temática dos lugares de memória e consciência relacionados à ditadura, com a reinauguração do Memorial da Resistência (antigo Memorial da Liberdade), o tombamento do DOICODI na Rua Tutoia e com a cessão de possa de antiga Auditoria Militar na Rua Brigadeiro Luiz Antonio à OAB e ao Núcleo de Preservação da Memória Política para a instalação do Memorial da Luta pela Justiça. Tal situação constrói novos desafios referentes à identidade de cada um desses espaços e à sua articulação em rede. Nesse contexto, é altamente pertinente o conhecimento do significativo acervo de experiências que vêm sendo operadas há vários anos nos diferentes países da América Latina em sítios de memória e consciência, os instrumentos e atores sociais envolvidos, assim como as especificidades dos diferentes contextos políticos.
O curso de difusão propõe-se a problematizar tais experiências, objetivando atingir-se um novo patamar nos processos de memorialização do período de ditadura no Brasil.

Programa:

29/09 Aula1
Apresentacao do curso. Estado da arte dos processos de memorialização da ditadura no Brasil. Grupo de pesquisa+Memorial+Núcleo Memória Política. Professora convidada Ana Paula Brito.

06/10 Aula 2
O lugar das instituições e instrumentos do Patrimônio Histórico, em perspectiva comparada. Professora convidada Deborah Neves.

13/10 Aula 3
Reparação e Resistência: a memorialização promovida pelo estado e pela sociedade civil. Professora convidada Katia Felipini

17/10 – Visita a campo 1
Casa do Povo. Coordenador: Ricardo Assumpção.

20/10 Aula 4
Ditaduras, resistência e transições democráticas na América Latina. Professor coordenador Renato Cymbalista.

24/10 – Visita a campo 2
Sítio da morte de Marighella/DOICODI. Coordenador: Ricardo Assumpção

27/10 Aula 5
Comissões da Verdade – convidados da USP, PUC, Mackenzie, PMSP, Sindicato dos Jornalistas de SãoPaulo. Professor convidado Milton Bellintani.

3/11 Aula 6
Representações, acervos e museografia. Professor convidado Rodrigo Millan.

Público-alvo: Estudantes de graduação e pós-graduação em Ciências Humanas, Arquitetura, Museologia, Direito e Artes; professores, educadores, profissionais de museus e gestores públicos

Período: 29/9 a 3/11, terças-feiras, das 18h30 às 21h30. As visitas a campo acontecerão aos sábados das 10h às 13h.

Carga horária: 24h

Cadastro para inscrições: até 7/9/2015 no link http://goo.gl/forms/qsDLjMepXq

IMPORTANTE: haverá seleção. O cadastro da inscrição não garante a vaga no curso.

O resultado da seleção será comunicado por email até 14/9/2015.

Total de vagas oferecidas: 40

Taxa de inscrição: R$ 180,00 (inscrição + envio do certificado pelos Correios)

Vagas gratuitas: 5
Docente: 1
Discente: 1
Funcionário: 1
Terceira idade: 1
Outros/Comunidade: 1

25. Política de Isenções
Serão vistos caso a caso, pela Diretoria do CPC, sendo os critérios: 1) ordem de solicitação no ato do envio da ficha de pré-inscrição. 2) sócio-econômico – que possibilitará beneficiar aqueles que não tenham condições de pagar a taxa de inscrição.
IMPORTANTE: manifestar intenção pela isenção da taxa.

22. Critérios de Seleção
Análise de justificativa de intenção.

26. Critérios de aprovação
Frequência mínima exigida de 85%, bem como participação nas atividades. Carga horária mínima de 21h para aprovação do aluno.

Fonte: CPC-USP

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: