II Seminário Urbanistas e Urbanismo no Brasil – envio de trabalhos até 25/10/2015

O Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (IAU-USP), localizado na Cidade de São Carlos, tem a satisfação de convidar os pesquisadores das áreas de história das cidades, da arquitetura, do urbanismo e da engenharia urbana, história de trajetórias profissionais e história das ideias no âmbito do urbanismo e do planejamento territorial, a enviarem trabalhos para o II Seminário Urbanistas e Urbanismo Moderno, a ser realizado nos dias 15 e 16 de dezembro de 2015.

Nesta 2ª edição do Seminário, que nasceu em Brasília, em abril de 2014, o tema a ser discutido será Urbanistas no Brasil Moderno: trajetórias e interlocuções transatlânticas. Buscando aprofundar questões e discussões a respeito desse amplo recorte historiográfico, indicamos três temáticas específicas que constituirão as três mesas-redondas com pesquisadores convidados, bem como poderão nortear os trabalhos a serem enviados para seleção e montagem das sessões de comunicações.
São elas: 1- profissionais da cidade e da higiene urbana; 2- engenheiros e arquitetos no serviço público; 3- o estudo de trajetórias de construtores de cidades.

Cronograma para envio de trabalhos:

1º de setembro de 2015: lançamento da chamada de trabalhos
25 de outubro de 2015: prazo final para envio de trabalhos completos
16 de novembro de 2015: divulgação dos trabalhos selecionados para apresentação oral e das sessões de comunicações

Programação:
15/dez (3ªf.)
9h- Cadastramento dos participantes
10h- Abertura
10:30h- Palestra: “Urbanismo no Brasil: temas e objetos”, Rodrigo de Faria (FAU-UnB / CIEC-UNICAMP)
12h- Almoço
14h- Sessão de comunicações 1: apresentação de 5 trabalhos
16h- Café
16:30h- Mesa-redonda 1- Profissionais da cidade e da higiene urbana
Carlos Roberto M. de Andrade (IAU-USP); Cristina de Campos (IG-Unicamp); Luis Augusto Maia Costa (CEATEC-PUCCamp);

Eulalia Portela Negrelos (IAU-USP) – debatedora

19:30h- Confraternização

16/dez (4ªf.)
9:00h- Mesa-redonda 2- Engenheiros e arquitetos no serviço público
Maria Stella Bresciani (IFCH-Unicamp); Nilce Cristina Aravecchia Botas (FAU-USP);
Sarah Feldman (IAU-USP);

Josianne Cerasoli (IFCH-Unicamp) – debatedora

11h- Visita à exposição de gravuras de Salvador Dalí
12h- Almoço
14h- Sessão de comunicações 2: apresentação de 5 trabalhos
16h – Café
16:30h- Mesa-redonda 3- O estudo de trajetórias de construtores de cidades
Margareth dos Santos Pereira (FAU-UFRJ); Maria Cristina da Silva Leme (FAU-USP);
Sylvia Ficher (FAU-UnB);

Francisco Sales Trajano Filho – debatedor

18:30h- Avaliação do seminário e encerramento

Comissão Organizadora:
Carlos R. M. de Andrade; Eulalia P. Negrelos; Francisco Sales Trajano Filho

Comissão Científica:
Eulalia P. Negrelos; Francisco Sales Trajano Filho; Josianne Cerasoli; Rodrigo de Faria; Sarah Feldman

Realização:
instituto de arquitetura e urbanismo
urbis: história da cidade, arquitetura e paisagem

Formatação do texto:

Arquivo: Microsoft Word (posterior a 97)
Tamanho do papel: A4
Margem superior: 3 cm
Margem inferior: 2 cm
Margem esquerda: 3 cm
Margem direita: 2 cm

Primeira página
Título: Garamond, tamanho 14, negrito.
Subtítulo: Garamond, tamanho 12, negrito.
Resumo do trabalho: máximo de 500 palavras, num único parágrafo.
Palavras-chave: três a cinco.
Identificação do autor e dados institucionais e de contato.

Texto completo:

Título: Garamond, tamanho 14, negrito.
Subtítulo: Garamond, tamanho 12, negrito.
Corpo do texto: Garamond, tamanho 12, normal.
Notas de rodapé: Garamond, tamanho 10, normal.
Legendas: Garamond, tamanho 9, normal.
Citações com mais de 3 linhas: Garamond, tamanho 11, itálico, recuo esquerdo de 3 cm.
Espaçamento entre linhas: 1,5 linhas.
Espaçamento depois: 6 pt.
Recuo: 1,5cm na primeira linha.
Parágrafo: justificado (exceto na primeira página).
Numeração: a partir da segunda página.
Número de ilustrações: no máximo oito, em formato jpg, com resolução de 96dpi, inseridas próximo ao texto a que se referem, com legendas.
Tamanho: entre 20 e 25 páginas, com, no máximo, 5Mb.

Referências bibliográficas

Reunidas no final do artigo organizadas em ordem alfabética, com entre linhas simples, espaço de 6 pts. depois, conforme modelos abaixo:
XAVIER, Alberto (org.). Arquitetura moderna brasileira: depoimento de uma geração. Ed. rev. ampl. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.
BRESCIANI, Stella. “Identidades inconclusas no Brasil do século XX. Fundamentos de um lugar-comum”, in BRESCIANI, Stella, e NAXARA, Márcia (org.). Memória e (res)sentimento: indagações sobre uma questão sensível. Campinas: Editora da Unicamp, 2001.
KESSEL, Carlos. Entre o pastiche e a modernidade: arquitetura neocolonial no Brasil. Rio de Janeiro: UFRJ-PPGHIS, 2002 (Tese de doutorado em História Social).
PÉREZ-MÉNDEZ, Alfonso. “Advertising suburbanization in Mexico City: El Pedregal press campaign (1948-65) and television programme (1953-54)”, Planning Perspectives, v.24, n.3, jul. 2009, p. 367-379.
SOMBRA, Fausto. “Luís Saia e Lúcio Costa. A parceria no Sítio Santo Antônio”, Arquitextos, São Paulo, ano 14, n. 161.03, Vitruvius, out. 2013,http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/14.161/4915>.

Fonte: http://trajetorias-urbanistas.blogspot.com.br/2013/04/ii-seminario-urbanistas-e-urbanismo-no.html

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: