Seminário “Arquitetura Brasileira Contemporânea: a Produção de um Patrimônio Cultural”, na FAUUSP

O seminário Arquitetura Brasileira Contemporânea: a Produção de um Patrimônio Cultural visa à atualização e o debate sobre as realizações recentes da arquitetura no Brasil. O país vive hoje um momento complexo frente ao quadro econômico, às iniciativas governamentais, à pujança do setor privado, o aquecimento do mercado da construção civil e imobiliário e à penetração de profissionais estrangeiros desenvolvendo trabalhos no país, associados ou não a correspondentes locais. A boa produção da arquitetura brasileira constituirá o patrimônio ambiental urbano do futuro.

Ao se convidar estudiosos e especialistas do Mato Grosso, do Pará, do Ceará e do Rio de Janeiro para apresentarem panoramas das mais significativas obras em seus estados, e contando com participação de debatedores do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia e Pernambuco –  no contexto das atividades da X Bienal de Arquitetura de São Paulo –, pretende-se estabelecer um diálogo geograficamente descentralizado sobre as características e vicissitudes da produção arquitetônica brasileira. Este mapeamento tem caráter inédito, em busca de um olhar abrangente que focalize a diversidade das realizações em curso em seu vasto território e confrontar as principais questões em pauta no cenário arquitetônico atual.

Ao se construir reflexões sobre a produção recente em diversos estados brasileiros, a arquitetura contemporânea brasileira será um instrumento fundamental para ampliação das referências nacionais, como um retrato do Brasil no início do século 21.

O seminário Arquitetura Brasileira Contemporânea: a Produção de um Patrimônio Cultural é uma realização do grupo de pesquisa Arquitetura e Cidade Moderna e Contemporânea da FAUUSP e do núcleo de pesquisa NAPSP – Plataforma São Paulo: Cidade, Espaço e Memória, com apoio da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo.

LOCAL

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo

Edifício Vilanova Artigas, sala 807

Rua do Lago, 876 – Cidade Universitária

05508-080  São Paulo SP

DATAS

Dias 25 de outubro, 01 e 08 de novembro de 2013

PROGRAMAÇÃO

Dia 25 de outubro, sexta-feira

8h30m – 12h

Conferencista

GUILHERME WISNIK: A X Bienal de Arquitetura de São Paulo

Debatedores

FLÁVIO KIEFER e LUIZ AMORIM

Moderador

RODRIGO QUEIROZ

14h30m – 16h30m

Mesa-redonda com todos participantes da sessão da manhã, mais convidados.

Dia 01 de novembro, sexta-feira

8h30m – 12h

Conferência 1

GIOVANNI BLANCO SARQUIS: Panorama da arquitetura do Pará

Conferência 2

ANA LUIZA NOBRE: Panorama da arquitetura do Rio de Janeiro

Debatedora

CELINA BORGES LEMOS

Moderadora

MÔNICA JUNQUEIRA DE CAMARGO

14h30m – 16h30m

Mesa-redonda com todos participantes da sessão da manhã, mais convidados.

Dia 08 de novembro, sexta-feira

8h30m – 12h

Conferência 1

RICARDO SILVEIRA CASTOR: Panorama da arquitetura do Mato Grosso

Conferência 2

ROMEU DUARTE JR.: Panorama da arquitetura do Ceará

Debatedor

NIVALDO VIEIRA ANDRADE JR.

Moderador

HUGO SEGAWA

14h30m – 16h30m

Mesa-redonda com todos participantes da sessão da manhã, mais convidados.

SOBRE OS PARTICIPANTES

GUILHERME WISNIK é arquiteto formado pela Universidade de São Paulo (1998), Mestre em História Social (2004) e Doutor em Arquitetura e Urbanismo (2012) pela mesma Universidade; professor da Escola da Cidade e da Universidade de São Paulo, curador da X Bienal de Arquitetura de São Paulo.

LUIZ AMORIM é arquiteto formado pela Universidade Federal do Pernambuco (1982), Professor da mesma Universidade, PhD pela Barlett School of Graduate Studies, University College de Londres (1999); é coordenador do Instituto Futuro, unidade de estudos avançados da UFPE.

FLAVIO KIEFER é arquiteto formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1979), Mestre em Arquitetura (1998) pela mesma Universidade, Professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. É Diretor do Instituto de Cultura da PUCRS.

RODRIGO QUEIROZ é arquiteto formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1998), Mestre em Artes (2003) e Doutor em Arquitetura e Urbanismo (2007) pela Universidade de São Paulo; pós-doutorado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (2012).

GIOVANNI BLANCO SARQUIS é arquiteto formado pela Universidade da Amazônia – UNAMA (1999), Mestre (2002) e Doutor em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2012), arquiteto do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional IPHAN-PA.

ANA LUIZA NOBRE é arquiteta formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1986), professora da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Mestre (1998) e Doutora (2008) em História Social da Cultura pela mesma Universidade; é co-curadora da X Bienal de Arquitetura de São Paulo.

CELINA BORGES LEMOS é arquiteta formada pela Universidade Federal de Minas Gerais (1980) e Professora da mesma Universidade, Mestre em Sociologia pela UFMG (1988), Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (2003) e Pós-doutorada pela Universidade de São Paulo (2008).

MÔNICA JUNQUEIRA DE CAMARGO é arquiteta formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1977), Mestre por esta instituição (1995), Doutora em Arquitetura e Urbanismo (2000) e Livre-docente (2009) pela Universidade de São Paulo, onde é Professora.

RICARDO SILVEIRA CASTOR é arquiteto formado pela Escola de Engenharia de São Carlos/USP (1996), professor da Universidade Federal de Mato Grosso, Mestre pela Universidade de Brasília (2004) e Doutor em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (2013).

ROMEU DUARTE JR. é arquiteto formado pela Universidade Federal do Ceará (1985) onde é Professor; Mestre (2005) e Doutor em Arquitetura e Urbanismo (2012) pela Universidade de São Paulo; foi presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil – Direção Nacional (1994-1996) e superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional IPHAN-CE (1997-2008).

NIVALDO VIEIRA DE ANDRADE JR. é arquiteto formado pela Universidade Federal da Bahia (2002), Mestre (2006) e Doutor em Arquitetura e Urbanismo (2012) pela mesma Universidade e Professor; é presidente do Departamento da Bahia do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB/BA) e secretário-executivo da Federación Panamericana de Asociaciones de Arquitectos (FPAA).

HUGO SEGAWA é arquiteto formado pela Universidade de São Paulo (1979), Mestre (1988) e Doutor em Arquitetura e Urbanismo (1994) pela mesma Universidade, Professor Titular da Universidade de São Paulo.

ORGANIZAÇÃO

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo

Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto

Núcleo de Pesquisa em São Paulo: Cidade, Espaço, Memória – NAPSP

Comissão Organizadora

Hugo Segawa

Mônica Junqueira de Camargo

Rodrigo Queiroz

Alexandre A. Martins

Denise Fernandes Geribello

Apoio: Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo

INFORMAÇÕES

Eventos FAUUSP – tel. 3091-1603 / 3091-4801

eventfau@usp.br

Anúncios

Seminário: A Produção Paulista e o Panorama Arquitetônico Brasileiro do Século 21, na FAUUSP

A produção paulista e o panorama arquitetônico brasileiro do século 21, sob a coordenação dos prof. Hugo Segawa e Mônica Junqueira de Camargo, visa à atualização e debate sobre a produção brasileira contemporânea. No âmbito do seminário, o convite a pesquisadores de outros estados para discorrer sobre realizações recentes em suas regiões tem como objetivo mapear e confrontar as principais questões em pauta no cenário arquitetônico atual. A arquitetura no Brasil vive um momento complexo frente ao quadro econômico, às grandes iniciativas governamentais, à pujança do setor privado, o aquecimento do mercado da construção civil e imobiliário e à crescente penetração de profissionais estrangeiros desenvolvendo trabalhos no país, associados ou não a correspondentes locais.

O tema da arquitetura contemporânea brasileira, trabalhado na disciplina AUH 129 – Arquitetura Moderna e Contemporânea no Brasil, terá, neste seminário, um instrumento fundamental para ampliação das referências nacionais, agregando ao curso reflexões sobre a produção recente em diversos estados brasileiros. Desta forma, através da fala dos palestrantes ter-se-á a abordagem de uma temática sobre a qual a bibliografia corrente ainda não versa.

Integrado também à disciplina AUH 5854 – Arquitetura Contemporânea Paulista, do curso de pós-graduação, este seminário será uma oportunidade para a aproximação entre os alunos de graduação e de pós, cujo debate com os palestrantes fortalecerá a reflexão e a crítica.

O evento é aberto aos demais interessados.

Programa e calendário:
O seminário está estruturado em quatro períodos de 4 horas cada, sendo o período da manhã para a apresentação dos palestrantes e as tardes para os debates, em forma de mesa redonda com um crítico sobre os panoramas apresentados. O seminário acontecerá em duas sextas feiras 14/09 e 28/09 na FAU/ cidade Universitária

14/09
08:00-09:45 – Prof. Flávio Kiefer (UFRGS) apresentação e crítica da produção gaúcha do século 21.
09:45-10:15 – intervalo
10:15-12:00 – Prof. Dr. Nivaldo Andrade (UFBA) – apresentação e crítica da produção da Bahia do século 21.
14:00- 18:00 – mesa redonda coordenada pela Profa. Dra. Mônica Junqueira de Camargo com a participação
dos conferencistas e debatedores convidados

28/09
8:00- 9:45 Prof. Dr. Luiz Amorim (UFPE) apresentação e crítica da produção pernambucana do século 21
09:45-10:15 – intervalo
10:15-12:00 Profa. Dra. Celina Lemos (UFMG) – apresentação e crítica da produção mineira do século 21.
14:00- 18:00 – mesa redonda coordenada pela Prof. Dr. Hugo Segawa com a participação
dos conferencistas e debatedores convidados

Organização
Profª Drª Mônica Junqueira de Camargo e Prof. Dr. Hugo Segawa
Grupo de Pesquisa Arquitetura e Cidade Moderna e Contemporânea – FAU USP
Núcleo de Apoio à Pesquisa Plataforma São Paulo: Cidade, Espaço, Memória – Pró-Reitoria de Pesquisa USP

Local : Sala 807 da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo
Endereço: Rua do Lago, 876, Cidade Universitária, São Paulo – SP

Contemporaneu – arquitetura contemporânea

 

Lançada em junho de 2010, a revista Contemporaneu – arquitetura contemporânea é a primeira revista brasileira dedicada à arquitetura contemporânea nacional e mundial. Em formato digital, poderá ser acessada de qualquer microcomputador a qualquer momento e de forma gratuita, permitindo ser visualizada por arquitetos, designers, engenheiros, estudantes e interessados em conhecer mais sobre a produção arquitetônica contemporânea e sobre quem a faz.

Acesse: http://www.contemporaneu.com/

 

Fonte: http://www.contemporaneu.com.br/p/revista.html