Projeto busca estudantes de arquitetura interessados em construir uma cidade para crianças

O projeto “Cidade que Brinca” propõe que o espaço urbano seja visto como uma “plataforma educativa”. Para construir esse sonho, eles estão chamando estudantes de arquitetura de todas as universidades para integrar a rede “Arquitetos Transformadores”. O objetivo? Construir ambientes que facilitem os percursos, atividades e brincadeiras ao ar livre, tornando a cidade mais humana, caminhável, saudável, segura e mais lúdica para as crianças.

“Uma cidade boa para as crianças é boa para todos. Para isso, criamos através de pequenas intervenções nos espaços públicos da cidade circuitos lúdicos com brincadeiras no passeio público, mobiliário urbano, paisagismo, fachadas mais alegres com o uso da cor. Convidamos a comunidade para transformar seus espaços em mutirões e agora convidamos você para se juntar a nós nessa ação”, diz o convite.

A participação é voluntária e gostar de crianças é fundamental. Além disso, ter disponibilidade para oito horas de trabalho dinâmico-teóricas e mais de trabalho de campo. Os interessados em participar devem preencher o formulário da Rede Arquitetos Transformadores .

Fonte: Catraquinha

Oficina especial de férias – Casa da Música e Estrutura Geodésica, no Museu da Casa Brasileira

O MCB recebe oficina educativa com atividade de interação arte-arquitetura, realizada em parceria com a associação finlandesa Construamos a Cidade e com o coletivo Archizoom, ligado ao Museu de Arquitetura de Bogotá (Colômbia). As atividades são destinadas a dois grupos distintos, um de crianças de 3 a 8 anos, e outro para o público a partir de 8 anos. Na primeira parte da oficina, os mais novos participarão da pintura em papel, enquanto os mais velhos construirão uma estrutura geodésica (formato de meia-esfera composta por triângulos). Em seguida, o resultado das atividades será reunido, com os participantes interagindo entre si.

Sobre a associação Construamos a Cidade
A oficina “A Casa da Música” foi criada pelo educador espanhol Jorge Raedó que ensina arte e arquitetura a crianças e jovens. Raedó é o diretor artístico da associação Construamos a Cidade (Rakennetaan kaupunki!) e da Amag! Revista de Arquitetura para Crianças.

Construamos a Cidade é uma associação finlandesa que realiza projectos de educação de arte e arquitectura para crianças e jovens. Seu principal projeto é criar óperas com colégios. A associação Rk! Depende só de seus membros. Financia-se mediante subvenções para projetos concretos, que procedem de instituições públicas e privadas finlandesas:http://www.rakennetaankaupunki.fihttp://amagazine.org

Sobre o coletivo Archizoom
A oficina de criação da estrutura geodésica que acompanha a atividade Casa da Música foi desenvolvida pelo coletivo Archizoom, sediado no Museu de Arquitetura Leopoldo Rother (Bogotá), primeiro e único museu de arquitetura da Colômbia, ligado à Universidade Nacional de Colômbia.

Archizoom é a entidade responsável pela educação de crianças e jovens no museu, tendo criado o primeiro curso anual de arquitetura para esse público em 2012. Coordenada pela arquiteta Fabiola Uribe, o coletivo também desenvolve oficinas para as exposições do museu, e programas educativos para outras instituições:https://www.facebook.com/museoarquitectura.leopoldorother.3

Vagas: 50, sendo 25 para 3 a 8 anos; e 25 a partir de 8 anos
Agendamento: (11) 3032 2499 – agendamento@mcb.org.br
Realização: MCB, Construamos a Cidade, coletivo Archizoom e Museu de Arquitetura de Bogotá

Fonte: Museu da Casa Brasileira