AUH Encontros: “Espaço e Política: cultura em foco”, com Nabil Bonduki

[clique na imagem para ampliá-la]

0001 (2)

Lançamento do livro “Arte, cultura e cidade: Aspectos estético-políticos contemporâneos”

[clique na imagem para ampliá-la]

arte, cultura e cidade

Cultura como Espaço Público no Novo Plano Diretor de São Paulo

Apresentação e debate de propostas de interferência no Plano Diretor Estratégico de São Paulo (PDE), especialmente os Territórios de Interesse Cultural da Iniciativa pelos Corredores/Territórios Culturais e as Áreas de Especial Interesse da Paisagem pela Universidade Livre Colaborativa/FAU-USP.

Apresentação das propostas:

Euler Sandeville Jr. – professor da FAU/USP e PROCAM/USP, LABCIDADE e Espiral da Sensibilidade e do Conhecimento

Maria Helena Bertolini Bezerra – professora universitária e da rede municipal de ensino, militante do movimento social pela educação em Perus

Beto Gonçalves – jornalista e historiador pela USP, Movimento Cine Belas Artes (MBA) e Iniciativa pelos Corredores/Territórios Culturais

Dia: 08/05/2014, quinta-feira
Horário: das 19h30 às 22h
Local: CINE ART-PALÁCIO
Endereço: Av. São João, 419, Centro, São Paulo-SP (prox. Galeria Olido)

Fonte: FAUiNFORMA

Curso de Difusão: Financiamento da Cultura e Modelos de Gestão de Equipamentos Culturais

[Clique nas imagens para ampliá-las]

Curso Lacip

Curso Lacip2

Curso de Difusão

Financiamento da Cultura e Modelos de Gestão de Equipamentos Culturais

Local: Escola de Comunicações e Artes – Cidade Universitária da USP

Data: 06 a 22 de agosto de 2013 – 19h30 – 22h30

Dia 17/08: visitas a instituições culturais, entre 10h – 16h.

Docentes

Lucia Maciel Barbosa de Oliveira (Profa. Dra. ECA/USP)

Martin Grossmann (Prof. Dr. ECA/USP)

Liliana Sousa e Silva (SEC/SP)

Alessandra Meleiro (Profa. Dra. UFF/RJ)

O curso é direcionado a gestores culturais de instituições públicas e privadas, profissionais ligados à gestão pública e privada da cultura; artistas e produtores culturais, estudantes e pesquisadores com interesse na área.

Valor: R$ 450,00 (parcela única ou 2 x R$ 225,00)

Inscrições: de 06 a 30 de junho de 2013 pelo endereço http://uspdigital.usp.br/apolo

Mais informações: cursos@lacip.com.br/ www.lacip.com.br

Décima Sétima Semana de Arte e Cultura, da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP

A Pró-Reitoria de Cultura e Extensão, realizará de 15 a 23 de setembro, a Décima Sétima Semana de Arte e Cultura, evento que pretende mostrar as manifestações culturais e artísticas da Universidade, sendo uma oportunidade para mostrar à sociedade as iniciativas do corpo docente, discente e de funcionários da USP, com programação gratuita destinada ao público em geral, nos campi da capital e interior.

A programação das atividades deverá ser informada à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária no período de 04 até 30 de junho, no formulário que estará disponível no endereço http://www.prceu.usp.br em face dos prazos para edição do catálogo não serão aceitas informações posteriores.

II Seminário Internacional Políticas Culturais

 

 

O setor de Pesquisa de Política e Culturas Comparadas da Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB/MinC) promove, em parceria com o Itaú Cultural, II Seminário Internacional Políticas Culturais – Desafios: os campos da formação em gestão cultural e da produção de informações. O seminário, com participação gratuita, acontece de 21 a 23 de setembro, no auditório e na sala de curso da FCRB. Serão conferidos certificados para participantes com 75% de freqüência. Informações e inscrições: politica.cultural@rb.gov.br e 21 3289.4636.

O evento é um encontro de especialistas, estudiosos e interessados nas questões relativas à área de políticas culturais, com o objetivo de divulgar trabalhos e promover debates no campo das ações políticas, das reflexões históricas, das reflexões teóricas e de práticas. Os principais eixos de discussão serão a produção de informações para a elaboração de políticas públicas de cultura e o processo de formação de gestores para as atividades dentro do mesmo campo. O seminário é composto por seções de conferências, palestras e mesas de comunicações individuais, sendo aberto para o público em geral. Organização de Lia Calabre e Maurício Siqueira.

Programação geral:

:: 21 de setembro, quarta-feira

8h30
Inscrições

9h
Mesa de Abertura – Auditório
Fundação Casa de Rui Barbosa
Observatório Itaú Cultural

9h30
Conferência I – Auditório
La gestión cultural para la paz en México: formación de jóvenes promotores culturales para la reconstitución del tejido social
José Antonio Mac Gregor (presidente de Praxis Gestión Especializada A. C.)

10h30
Mesa – Auditório
Formação no Campo da Gestão Cultural – Ações de formação do Observatório Itaú Cultural para gestores de cultura: desafios de motivação e continuidade
Selma Cristina Silva (gerente do Observatório e do Centro de Documentacão do Itaú Cultural; formação em Filosofia, Biblioteconomia e Letras)
Programa de formação na área da gestão pública: a experiência piloto SAI/MinC e Secretaria de Cultura da Bahia
Lia Calabre (doutora em História – pesquisadora da Fundação Casa de Rui Barbosa)
Aprendizagem colaborativa: a educação a distância como ferramenta de difusão de conhecimento
Maria Helena Cunha (mestre em Educação e especialista em Planejamento e Gestão cultural; diretora da Inspire Gestão Cultural e da DUO Editorial)
O campo acadêmico da produção cultural: Desenvolvimento, interseções e interlocuções
Leandro Mendonça (PPGCA/UFF e Nedac/PPED/UFRJ)

15h
Comunicações Mesa I – Auditório
Experiências Internacionais

Comunicações Mesa II – Sala de Cursos
Políticas Culturais – História I

17h
Intervalo

17h30
Comunicações Mesa III – Auditório
Financiamento, Sustentabilidade e Práticas Culturais

Comunicações Mesa IV – Sala de Cursos
Diversidade e Culturas Populares: Debates Diversos

:: 22 de setembro, quinta-feira

9h
Comunicações Mesa V – Auditório
Políticas locais e desenvolvimento

Comunicações Mesa VI – Sala de Cursos
Política cultural e direitos culturais

11h15
Comunicações Mesa VII – Auditório
Cultura, Redes e Sustentabilidade

Comunicações Mesa VIII – Sala de Cursos
Políticas Culturais – História II

15h30
Conferência II – Auditório
Ecosistemas de Información Compleja… porque tomar decisiones en política pública es un asunto de información de calidad!
Cissi Montila (Asesora para la creación de Sistemas de Información Cultural, Indicadores y Estudios de Público en Centroamérica – AECID; Secretaria Ejecutiva de las Políticas Públicas Culturales del Conaculta 2006-2009)

16h30
Intervalo

17h
Mesa II – Auditório
Percepções e práticas no campo da cultura

Pesquisas de percepção no campo da cultura
Frederico Barbosa (Ipea)

Percursos metodológicos de um mapeamento sociocultural da zona sul de SP
Ana Paula do Val (artista plástica graduada pela Escola de Belas Artes de Frankfurt, Alemanha; especialista em Políticas Culturais, Artes e Tecnologia pela Universidade Paris VIII, França)

Movimento seresteiro e desenvolvimento da cidade de Conservatória
Micael Herschmann (professor e pesquisador do PPG em Comunicação da UFRJ e coordenador do Núcleo de Estudos e Projetos em Comunicação – Nepcom – da Escola de Comunicação da UFRJ)

Avaliação dos planos e ações de salvaguarda de bens culturais registrados como patrimônio imaterial brasileiro
Leticia Vianna (pós-doutora em Antropologia Social/ Consultora DPI-Iphan)
Morena Salama (dutoranda em Antropologia Social/ Consultora DPI-Iphan)

:: 23 de setembro, sexta-feira

9h
Comunicações Mesa IX – Auditório
Políticas Públicas e Patrimônio

Comunicações Mesa X – Sala de Cursos
Instituições e Políticas Setoriais

11h15
Comunicações Mesa XI – Auditório
Políticas Setoriais

Comunicações Mesa XII – Sala de Cursos
Políticas Públicas de Cultura: entre os Conceitos e as Práticas

15h
Conferência III – Economia Criativa – A Secretária de Economia Criativa e o Plano Brasil Criativo
Claudia Leitão (Secretária de Economia Criativa)

16h
Intervalo

16h15
Mesa III  – Estudos Setoriais

Leis de incentivo à cultura via renúncia fiscal no Brasil
César Bolaño (professor da UFS e do PPG-UnB; coordenador do GT de Economia Política da Alaic)
Joanne Motta (pesquisadora do Observatório de Economia e Comunicação –
Obscom/UFS)
Fábio Moura (pesquisador do Observatório de Economia e Comunicação – Obscom/UFS)
Economia da Moda no Brasil: perspectivas para o setor
Alessandra Meleiro (pós-doutorado na University of London em Media and Film Studies; pesquisadora associada do Cebrap)

Cadeia produtiva da economia da música em Belo Horizonte, Minas Gerais
Marta Procópio (Centro de Estudos de Política Pública da Fundação João Pinheiro)

Economia das exposições de arte contemporânea: reflexões preliminares
Ana Leticia Fialho (doutora em Sociologia da Arte pela École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris; consultora em Gestão e Desenvolvimento de Projetos Culturais
Ilana Seltzer Godstein (doutoranda em Antropologia Social na Unicamp; consultora de Gestão Cultural e docente da FGV e do Senac)
O mercado de artes plásticas
Fabio Sá Earp (GENT – Grupo de Pesquisas em Economia do
Entretenimento do IE/UFRJ)
George Kornis (Uerj/ GENT – Grupo de Pesquisas em Economia do
Entretenimento do IE/UFRJ)

Mesas de Comunicações:

:: 21 de setembro, quarta-feira

15h
Comunicações Mesa I – Auditório
Experiências Internacionais

Observatorio Venezolano de Cultura y Desarrollo: una necesidad en tiempos de cambio
Ana Afanador; Melany Centeno; Kelvin Malavé; Cesar Pastran; e Amanda Soriano (mestrado em Gestión y Políticas Culturales de la Universidad Central de Venezuela/ Asociación Venezolana de Investigadores y Profesionales de La Gestión Cultural).

La forma de nombrar al destinatario de las políticas culturales em los gobiernos locales de la Argentina
Jose Alejandro Tasat (docente titular da Untref; diretor de Investigación del Instituto de Politicas Culturales da Untref)

Como avaliar uma política cultural e fracassar na tentativa: o caso do programa Identidad Entrerriana (Argentina)
Juan Ignácio Brizuela (mestrando do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade IHAC / UFBA)

Mediação cultural no Quebéc: elos de democratização e cidadania
Ney Wendell (doutorando do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas UFBA, pesquisador da Fapesb)

15h
Comunicações Mesa II – Sala de Cursos
Políticas Culturais – História I

Um estudo de caso de política cultural e patrimônio cultural: CFC. A tentativa do resgate do portal da Escola Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, em 1976.
Monike Garcia Ribeiro (doutoranda e bolsista (Capes) do Programa de Pós-Graduação em História Comparada, IFCS / UFRJ)

O teatro em questão: um balanço sobre as experiências da Comissão e do Serviço Nacional de Teatro (1936-1945)
Angélica Ricci Camargo (mestre em História Social, UFRJ; técnica em Assuntos Culturais do Arquivo Nacional)

“Mi Buenos Aires querido”: o tango como expressão da nacionalidade argentina nas políticas culturais do regime peronista (1946-1955)
Raquel Paz dos Santos (professora do PPG em História Comparada; coordenadora do Laboratório de Estudos Brasil na América do Sul – Lebas/Laboratório de Estudos do Tempo Presente)

Política Cultural e a atuação do Conselho Nacional de Cultura (1961-1964)
Lilian Araripe Lustosa da Costa (mestre em História, Política e Bens Culturais CPDOC/FGV; bolsista da Fundação Casa de Rui Barbosa)

17h30
Comunicações Mesa III – Auditório
Financiamento, Sustentabilidade e Práticas Culturais

O neoliberalismo e seu impacto na política cultural brasileira
André Coutinho Augustin (mestrando do PPG em Economia, UFRJ)

Consumos culturales: una discusión sobre las prácticas de los sectores subalternos y los criterios de financiación de las políticas publicas em cultura
Maximiliano Duarte Asquitapace (mestrando Iesp/Uerj; docente da Facultad de
Ciencias Sociales da Universidad de la República)
Deborah Duarte Asquitapace (mestre en Estudios Latinoamericanos en la Universidad Autónoma de Barcelona)

Política de financiamento cultural: análise do Programa Cultura Viva em três estados brasileiros
Anny Karine de Medeiros (mestranda em Administração Eaesp/FGV)

A experiência do Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ) e sua inserção na economia criativa
Isaura Botelho (consultora da Fundap)
Margret Althuon (técnica da Fundap)
Mônica Landi (técnica da Fundap e professora do Departamento de Economia da FEA/PUC-SP)

Museus, que mercado é esse?
Maria Elisabete Arruda de Assis (mestrado e doutorado em Antropologia UFPE; chefe da Divisão de Estudos e Pesquisas na Coordenação de Estudos Sócio-Econômicos e Sustentabilidade do Departamento de Difusão, Fomento e Economia dos Museus do Ibram)

17h30
Comunicações Mesa IV – Sala de Curso
Diversidade e Culturas Populares: Debates Diversos

Notas sobre diversidade cultural e identidades de gêneros
Ana Maria Correia (mestranda no Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade, UFBA)

A arma da cultura e os universalismos parciais
Clara Cristina Jost Mafra (professora adjunta do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Uerj)

O lugar das culturas populares no sistema MinC: a institucionalização das políticas culturais para as culturas populares
Elder Patrick Maia Alves (professor adjunto ICS e do PPG em Sociologia da Ufal)

Políticas públicas culturais e participação
Eneida Braga Rocha Lemos (diretora do Departamento de Difusão, Fomento e Economia do Ibram)
Ena Elvira Colnago (coordenadora da Coordenação de Difusão e Desenvolvimento de Parcerias do Ibram)

Novos atores sociais nas políticas culturais: reflexões sobre a participação social nas políticas para culturas populares
Giordanna Santos (doutoranda do Programa Multidisciplinar Cultura e Sociedade da UFBA; bolsista Fapesb)

:: 22 de setembro, quinta-feira

9h
Comunicações V – Auditório
Políticas Locais e Desenvolvimento

Políticas culturais e desenvolvimento socioeconômico: alternativas de produtores e articuladores culturais em Boa Vista, no estado de Roraima
Elena Campo Fioretti (mestre em Economia /UFRGS e Mestre em Ciência da Educação Superior UMCC/Cuba; vice-presidente do Conselho Estadual de Cultura de Roraima)
Stefano Florissi (professor dr. do Departamento de Economia da UFRS)

Políticas culturais na Bahia: panorama histórico
Hanayana Brandão Guimarães Fontes Lima (mestranda do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade da UFBA; professora da Uneb)

Políticas culturais no Amazonas (1997-2010)
Rila Arruda da Costa (cientista social e mestra em sociologia, Ufam)

Incentivando a cultura no estado do Rio de Janeiro: uma nova regulamentação para uma nova visão de cultura
Mariana Várzea (museóloga, mestre em história social UFF; superintendente da Lei de Incentivo SEC do Rio de Janeiro)

9h
Comunicações VI – Sala de Curso
Política Cultural e Direitos Culturais

Artistas circences: importância na cultura brasileira e questões jurídica relevantes
Vanessa Batista Oliveira Lima (mestre em Direito Constitucional; professora de Direito do Trabalho da Universidade de Fortaleza).

Direitos culturais no Brasil e uma breve análise do Programa Cultura Viva
Sophia Cardoso Rocha (mestra pelo Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar em Cultura e Sociedade da UFBA)
Ana Lúcia Aragão (mestranda do Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar em Cultura e Sociedade da UFBA)

A questão autoral no Ministério da Cultura durante o governo Lula
Helena Klang (mestre em Comunicação PPGCOM-UERJ; pesquisadora-bolsista do Setor de Políticas e Culturas Comparadas da Fundação Casa de Rui Barbosa)

O direito à memória: análise dos princípios constitucionais da política de patrimônio cultural no Brasil (1988-2010)
José Ricardo Oriá Fernandes (doutor em História da Educação, USP; consultor legislativo da área de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados)

11h15
Comunicações VII – Auditório
Cultura, Redes e Sustentabilidade
Políticas culturais vivas: raízes e redes do movimento enraizados
Barbara Peccei Szaniecki (pesquisadora de pós-doutarado na Esdi/Uerj)
Rociclei da Silva (mestre Ibict/Ministério da Ciência e Tecnologia)

Pontos de Cultura e economia solidária – aproximações e possibilidades
Luana Vilutis (doutoranda do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade da UFBA; foi pesquisadora do Ipea na avaliação do Programa Cultura Viva em 2010 e 2011)

Sustentabilidade na cultura – da diversidade cultural à sustentação financeira
Liliana Sousa e Silva (doutora em Cultura e Informação, ECA/USP; docente do Senac/SP no curso de pós-graduação Gestão Cultural: Cultura, Desenvolvimento e Mercado)

O trabalho da cultura e a lógica dos pontos
Pedro B. Mendes (doutorando em Ciência da Informação Ibict/UFRJ; pesquisador autônomo ligado à rede Universidade Nômade)

A causa coletiva: políticas públicas culturais para o cenário das redes sob a perspectiva da ecologia digital (a experiência brasileira)
Eliane Costa (mestra em Bens Culturais e Projetos Sociais pela CPDOC/FGV)

11h15
Comunicações VIII – Sala de Curso
Políticas Culturais – História II

Políticas culturais de organismos privados: o caso da Fundação Cinemateca Brasileira (1975-1984)
Laura Bezerra (doutoranda do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade UFBA; bolsista da Capes)

Folclore e políticas culturais no Brasil nas décadas de 1960/1970
Ana Lorym Soares (mestre em História Social da Cultura PUC-Rio; pesquisadora bolsista do Iphan)

A política editorial do Instituto Nacional do Livro no Regime Militar
Andréa Lemos Galucio (pós-doutoramento em História, UFF)

Política cultural nos ano 70: controvérsias e gênese do Instituto Nacional de Música da Funarte
Clayton Daunis Vetromilla (professor no Instituto Villa-Lobos do Centro de Letras e Artes, UniRio)

Incentivos fiscais para as artes: balanço histórico e perspectivas futuras
Marcelo Gruman (doutor em Antropologia Social PPGAS/MN/UFRJ; especialista em Gestão de Políticas Públicas de Cultura; Funarte/MinC)

:: 23 de setembro, sexta-feira

9h
Comunicações IX – Auditório
Políticas Públicas e Patrimônio

Revitalização de áreas históricas: perspectivas, práticas e resultados
Fernanda Daniela Chaves Rocha (mestranda do Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar em Cultura e Sociedade UFBA)

Trajetória, descentralização e aproximação: as políticas de prreservação do patrimônio cultural imaterial no âmbito do Plano de Ação para as Cidades Históricas – PAC/CH
Francimário Vito dos Santos (Consultor da Unesco)

Memória e patrimônio em uma colônia: políticas culturais para a diversidade
José Roberto Severino (professor adjunto do Departamento de Comunicação da Facom/UFBA; Pesquisador do Cult/UFBA)

Entre a lógica de mercado e a cidadania: os modelos de gestão do patrimônio cultural
Mônica Starling (economista e mestre em ciência política, pesquisadora do Centro de Estudos de Políticas Públicas da Fundação João Pinheiro)

9h
Comunicações X – Sala de Curso
Instituições e Políticas Setoriais

Estado e políticas culturais
Paula Félix dos Reis (doutoranda PPG em Cultura e Sociedade, Facom/UFBA)

Bibliodiversidad: una mirada a las políticas culturales estatales
Ivana Mihail (doutora em Antropologioa, UBA; becaria postdoctoral Conicet ; integrante do Programa de Antropología de la Cultura, ICA, UBA; docente de la Maestría en Gestión Educativa, Unsam)

Notas sobre a participação de organismos multilaterais na construção de políticas culturais de acesso ao livro e promoção da leitura no Brasil e na Colômbia
João Vanderlei de Moraes Junior (mestrando do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade UFBA; pesquisador, Cult/UFBA)

Em direção ao diálogo entre culturas: temporadas culturais, grandes eventos e festivais como políticas culturais internacionalistas.
João Henrique Catraio Monteiro Aguiar (mestrando em Relações Internacionais, Uerj; professor de Sociologia, Colégio Pedro II)

11h15
Comunicações XI – Auditório
Políticas Setoriais

Múltiplos olhares sobre as políticas públicas de cultura: artistas, pontos de cultura e Estado
Ana Teresa A. Vasconcelos (mestre em História, UFF; administradora cultural na Funarte/RJ)

A dança na esfera do poder federal: espaços de representatividade, condições de existência e esboços para uma agenda política
Marila Velloso (professora da Unespar, representante da região macro sul no colegiado setorial de dança)

Estado e cinema no início do século XXI: características da formação da Ancine
Marcelo Ikeda (professor do Curso de Cinema e Audiovisual, UFC; mestre em Comunicação, UFF)

Democracia, democracia cultural e o Revelando os Brasis
Fernanda Oliveira Santos (mestranda do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade, UFBA)

Política linguística para a diversidade: uma política cultural
Giovana de Sousa Rodrigues (redatora da Câmara Municipal de Belo Horizonte; mestre em Educação e Linguagem, UFMG)

11h15
Comunicações XII – Sala de Curso
Políticas Públicas de Cultura: entre os Conceitos e as Práticas

Pensar os intelectuais: desde a pós-colonialidade e a partir das políticas culturais contemporâneas
Fayga Rocha Moreira (doutoranda do PPG em Cultura e Sociedade, UFBA; bolsista Capes)

Pontos de cultura e os novos paradigmas das políticas públicas culturais: reflexões macro e micropolíticas
Ariel Nunes (historiadora e mestranda em Antropologia Social, UFG)

Uma política cultural para as artes para além do fomento à produção e ao consumo
Bernardo Novais da Mata-Machado (ator e diretor de teatro; historiador e cientista político, UFMG; pesquisador da Fundação João Pinheiro; diretor de Programas Integrados da SAI/MinC)

Desafios contemporâneos na gestão pública, entre o tangível e o intangível: o caso do Programa Cultura Viva
Deborah Rebello Lima (mestranda do Programa de História Política e Bens Culturas CPDOC/FGV; bolsista do Setor de Políticas e Culturas Comparadas da Fundação Casa de Rui Barbosa)

Fonte: Fundação Casa de Rui Barbosa (http://migre.me/5AbHU)

Lançamento do livro “Design, Cultura e Sociedade”, no Museu da Casa Brasileira

Este livro de Gui Bonsiepe apresenta um painel sobre a evolução do design ao longo do século 20, registrando seus principais sucessos e descaminhos. Analisa, critica e apresenta sugestões sobre os caminhos possíveis no futuro.

Local: Museu da Casa Brasileira – Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705, São Paulo – SP
Dia: 16/08/2011
Horário: 19h30

 

Fonte: Informativo – Museu da Casa Brasileira