Lançamento do livro “Governança da água no contexto ibero-americano: inovação em processo”, no IAG-USP

[clique na imagem para ampliá-la]

governaça da água

AUH Encontros: Vivenda Social en Madrid en el Siglo XXI

[Clique na imagem para ampliá-la]

auh

Conferências: Vivienda de Protección Oficial en Carabanchel (Madrid) e Vivienda colectiva y la renovación del centro histórico de Madrid

Vivienda de Protección Oficial en Carabanchel (Madrid)
Prof. Dr. Nicolás Maruri
[Escuela Tecnica Superior de Arquitectura de la Universidad Politecnica de Madrid]
CV: http://amanncanovasmaruri.blogspot.com.br/

Vivienda colectiva y la renovación del centro histórico de Madrid
Prof. Dra. Carmen Espegel
[Escuela Tecnica Superior de Arquitectura de la Universidad Politecnica de Madrid]
CV: http://www.espegel-fisac.org

Local: Centro Universitário Maria Antonia USP [Salão Nobre]
Rua Maria Antonia, 258 e 294 · Vila Buarque, São Paulo – SP
Data e horário: dia 2 de maio das 9h às 12h.

Apoio: FAPESP

Conferência: “Tendências do restauro contemporâneo na Espanha”, na FAU Maranhão

Conferencista convidada: Profa. Dra. Ascensión Hernández Martínez
Departamento de História da Arte, Universidade de Zaragoza

Local: Sala dos Espelhos – FAU-Maranhão  (Rua Maranhão, 88, Higienópolis. São Paulo – SP).
Data e horário: 12 de dezembro de 2011, das 17:00 às 20:00. Vagas limitadas

Inscrições: pelo e-mail eventapoio@usp.br, com cópia para eventfau@usp.br

No quadro discussões sobre preservação desenvolvidas na pós-graduação da FAUUSP, as Profas. Dras. Beatriz Mugayar Kühl e Maria Lucia Bressan Pinheiro, dando seqüência ao ciclo de debates iniciado em agosto, convidam para uma conferência sobre tendências do restauro na Espanha, a ser realizada na FAU-Maranhão. A convidada será a Profa. Dra. Ascensión Hernández Martínez.

Análise crítica de intervenções recentes na Espanha, explorando a relação entre produção arquitetônica e restauro, inserção de elementos contemporâneos em edifícios ou ambientes históricos de interesse para a preservação, problematizando as intervenções do ponto de vista da teoria da restauração.

Observação: a conferência será em Espanhol, SEM tradução

Currículo resumido: Ascensión Hernández Martínez.

A Profa. Dra Ascensión Hernández Martínez é professora do Departamento de História da Arte da Universidade de Zaragoza, desde 2000. Fez seu doutorado em História da arte, especializando-se em temas de arquitetura contemporânea e teoria e história da restauração de bens culturais. Suas principais linhas de pesquisa atualmente são: teoria e história da restauração de monumentos na Espanha no século XX, com especial atenção nas intervenções realizadas em Aragão sob o primeiro franquismo; a reutilização de espaços industriais para usos artísticos e culturais, com ênfase nos novos espaços de criação e exibição, as relações entre criação artística e restauração, o museu como tipologia arquitetônica e produto cultural; por fim, teoria e crítica da arquitetura atual. A professora tem várias publicações na área, entre elas o livro La clonación arquitectónica (Madrid. Siruela, 1997; traduzido para o italiano: Milano, Jaca Book, 2010).

Organização e patrocínio: Comissão de Pós-Graduação da FAUUSP

Fonte: Eventos FAU

Conferencia “Cien años de arquitectura madrileña,1910-2010: de la Gran Vía al Eje de la Castellana”

Conferencista
 
Prof. Dra. Ana Esteban Maluenda
Profesora Titular Escuela Técnica Superior de Arquitectura
Universidad Politécnica de Madrid
ETSA-UPM
 
24 de novembro de 2010
11:30 horas

 

Sobre a Conferência:
En 2010 se han cumplido cien años desde la inauguración de una de las avenidas más importantes de Madrid: la Gran Vía. Seguramente, toda visita a la capital española debería comenzar en esa calle, verdadero emblema de la ciudad y donde, durante varias décadas, se concentró buena parte de la mejor arquitectura de la Villa. Un siglo después, ha sido otro eje, el conformado por el Paseo de la Castellana y el de Recoletos, el que ha venido acaparando algunos de los más significativos ejemplos de su arquitectura.
La conferencia pretende, sirviéndose de dichos ámbitos locales y temporales (Gran Vía, 1910; Eje de la Castellana, 2010) como límites de actuación, presentar los últimos cien años de arquitectura madrileña como si se tratase de un viaje en el tiempo en el que los distintos edificios serán los encargados de contar la historia de una ciudad en continua evolución. Y serán también los edificios los que vayan presentando a Antonio Palacios, Secundino Zuazo, Casto Fernández Shaw, Luis Gutiérrez Soto, Francisco Cabrero, Miguel Fisac, José Antonio Corrales y Ramón Vázquez Molezún, Alejandro de la Sota, Francisco Javier Sáenz de Oíza, Rafael Moneo, y otros tantos magníficos arquitectos nacidos (o ‘criados’) en Madrid, la ciudad que atesora algunas de sus mejores obras.

Local de Realização
Sala 421 / PROURB. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Universidade Federal do Rio de Janeiro

REALIZAÇÃO
PROURB/FAU/UFRJ
Programa de Pós-Graduação em Urbanismo
Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Universidade Federal do Rio de Janeiro
 
Organização e Coordenação
 
LAURD
Laboratório de Análise Urbano e Representação Digital
Docomomo-Rio

Fonte: DOCOMOMO