Seminário: “Flavio Motta – A História da Arte, o Artista”, na FAUUSP

Data: 24/08/2016
Horário: das 14h às 18h30
Local: Sala 807 – FAUUSP
Endereço: Rua do Lago, 876, Cid. Universitária, São Paulo – SP
Organização: Profa. Dra. Ana Lanna e Profa. Dra. Joana Mello

Anúncios

As origens da noção de Barroco na História da Arte – Palestras com Maurizio Ghelardi

Nos dias 23, 24, 28, 29 de maio de 2013, às 14 horas, na Sala de Reunião dos Departamentos da FAUUSP, o prof. Maurizio Ghelardi (Scuola Normale Superiore di Pisa, Itália) ministrará um curso de quatro palestras sobre o surgimento da noção de Barroco na História da Arte e da Arquitetura.

As palestras tratarão dos seguintes tópicos:

  • A exposição do Altar de Pérgamon em Berlim e o redescobrimento da arte helenística na Alemanha do final do século XIX;
  • A noção de Barroco em Renascimento e Barroco de Wölfflin;
  • A psicologia da arquitetura de Wölfflin;
  • Os diários de Wölfflin como documento historiográfico.

As palestras são abertas ao público, e serão ministradas em italiano com tradução consecutiva ao português. Os participantes terão direito a certificado.

Organização Prof. Luciano Migliaccio

Data: 23, 24, 28 e 29 de maio de 2013
Horário: 14h
Local: Sala de Reunião AUH – FAUUSP
Endereço: Rua do Lago, 876, Cid. Universitária, São Paulo, SP

Fonte: Eventos-FAU

Palestra “História e historiografia da Companhia de Jesus na América Latina: fontes primárias para o estudo da arte colonial”, na FAU Maranhão

O Prof. Pe. Martin Morales S. J., Diretor do Arquivo da Universidade Gregoriana de Roma, ministrará uma palestra sobre “História e historiografia da Companhia de Jesus na América Latina: fontes primárias para o estudo da arte colonial“. A palestra é aberta ao público. Organização: Luciano Migliaccio – Projeto Temático FAPESP “Plus Ultra. Transferência Cultural e Recepção da Tradição Clássica entre a Europa e a América Latina”.

Dia: 29 de agosto de 2012 (quarta-feira)
Horário: 14h
Local: FAU Maranhão – Rua Maranhão, 88, Higienópolis, São Paulo-SP

História(s) da Arte no Brasil Módulo II, na Biblioteca Mário de Andrade

[Clique na imagem para ampliá-la]

Curso de Extensão: História da Arte da América Latina – Módulo 1

[Clique na imagem para ampliá-la]

Oscar Niemeyer: arquitetura da paisagem brasileira

 

Módulo do Curso de História da Arte do MASP

 

O Módulo apresenta uma leitura crítica sobre todos os períodos da obra do arquiteto Oscar Niemeyer, dos primeiros trabalhos até seus projetos mais recentes.

 

Resumo

 

A análise de “obras-chave” do arquiteto Oscar Niemeyer nos aproxima de seu procedimento de trabalho e das transformações que marcaram as passagens de suas diferentes fases. Apesar de sua evidente autonomia e liberdade plástica, a obra de Niemeyer, que atinge setenta e cinco anos de duração, demonstra fidelidade ao movimento moderno quando projeta uma espécie de “nova paisagem” onde construção, vazio e horizonte são consequência do movimento ininterrupto de uma linha que percorre tanto o papel como o espaço.

 

Programa

 

Aula I. 12/08

Referência: A arquitetura moderna no Brasil e os projetos de Le Corbusier para a cidade do Rio de Janeiro: o Plano Urbanístico (1929) e o Ministério da Educação e Saúde Pública (1936).

 

Aula II. 19/08

Ruptura: os projetos do Pavilhão do Brasil na Feira Internacional de Nova York (1938/1939) e do Grande Hotel de Ouro Preto (1938). A interpretação sobre o vocabulário de Le Corbusier; a matéria da arquitetura colonial como superfície da arquitetura moderna.

 

Aula III. 26/08

Autonomia: O Conjunto arquitetônico da Pampulha (1941/1943). Cassino, Casa de Baile, Iate Clube, Igreja de São Francisco de Assis, Hotel, Golfe Clube e Residência JK. A liguagem do movimento da linha.

 

Aula IV. 02/09

Difusão: Os desdobramentos e as variações sobre as formas-chave lançadas nos edifícios da Pampulha; os projetos em São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Diamantina e Nova York.

 

Aula V. 09/09

Síntese: Brasília. Quando o aspecto compositivo dos projetos realizados entre 1940 e 1955 dá lugar a simplificidade e concisão das formas, onde o perfil da arquitetura é definido por um gesto contínuo.

 

Aula VI. 16/09

A forma da estrutura: os projetos realizados no exterior – Paris, Milão, Trípoli, Constantine e Argel

 

Aula VII. 23/09

Retorno: Memorial da América Latina (1986), MAC de Niterói (1991/1996), Museu Oscar Niemeyer em Curitiba (2002), Centro Administrativo de Belo Horizonte (2005/2010), entre outros. A acomodação da linguagem em escala monumental nos projetos recentes.

 

Aula VIII. 30/09

Arquitetura moderna e cidade contemporânea. Apontamentos sobre o possível legado da obra de Oscar Niemeyer e o papel do projeto de arquitetura na cidade atual

 

Docente responsável

Rodrigo Queiroz – arquiteto, Prof. Dr. do Departamento de Projeto da FAUUSP.

 

Na quinta-feira, 05/08 às 19h, ocorrerá a apresentação aberta desse módulo e dos demais oferecidos pelo Curso de História da Arte do MASP ao público interessado.

 

Local: pequeno auditório do MASP

Início das aulas: 12/08/2010

Término das aulas: 30/09/2010

Quintas-feiras das 19h às 21h

Informações: escola@masp.art.br ou no site http://www.masp.art.br

Fone: 3251-5644 r.2104 ou 3253-9663.

 

Fonte: Docomomo São Paulo

Entrega do Prêmio Marta Rossetti