IAU recebe nova edição do “Seminário de História da Cidade e do Urbanismo”

O Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU) da USP, em São Carlos, irá sediar entre 13 e 15 de setembro de 2016 o “XIV Seminário de História da Cidade e do Urbanismo (SHCU) – Cidade, Arquitetura e Urbanismo: Visões e revisões do Século XX”.

Criado por iniciativa do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia, o Seminário de História da Cidade e do Urbanismo vem sendo realizado a cada dois anos desde 1990. Anais, livros e coletâneas das 13 edições organizadas por programas de pós-graduação de diferentes instituições no Brasil constituem material de referência e expressam os avanços alcançados e os desafios enfrentados por um número crescente de pesquisadores que, a partir da história, vêm contribuindo para o conhecimento das cidades e do urbanismo.

Ao voltar a acolher o Seminário de História da Cidade e do Urbanismo, 22 anos após a organização de sua 3ª em São Carlos, em 1994, o IAU-USP e seu Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo propõem a reflexão e o debate sobre a história e a historiografia da cidade, da arquitetura e do urbanismo do século XX.

Fonte: Eventos-USP

Seminário Internacional: Live Modern Heritage, na FAUUSP

[clique nas imagens para ampliá-las]

0001

0002

XIV Seminário da História da Cidade e do Urbanismo – 2016

Criado por iniciativa do Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia, o Seminário de História da Cidade e do Urbanismo vem sendo realizado a cada dois anos, desde 1990. Anais, livros e coletâneas das treze edições organizadas por programas de pós- graduação de diferentes regiões do Brasil constituem material de referência e expressam os avanços alcançados e os desafios enfrentados por um número crescente de pesquisadores que, a partir da história, vêm contribuindo para o conhecimento das cidades e do urbanismo.

Ao voltar a acolher o Seminário, vinte e dois anos após a organização de sua terceira edição, em 1994, o Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo e seu Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo propõem a reflexão e o debate sobre a história e a historiografia da Cidade, da Arquitetura e do Urbanismo, voltando o olhar para o século XX .

As duas primeiras décadas do século passado são decisivas na constituição de saberes sobre a cidade, a arquitetura e o urbanismo: exposições e conferências internacionais mobilizaram profissionais de diferentes campos disciplinares nos Estados Unidos, Europa e América Latina; o urbanismo se institucionalizou como campo de conhecimento e prática profissional; a arquitetura se voltou para a reflexão e a intervenção na cidade; estudos seminais sobre as condições da vida social nas grandes cidades foram publicados; a produção habitacional em massa foi colocada no centro das reflexões e propostas doutrinárias; planos, projetos e instituições públicas abrangendo múltiplas escalas territoriais foram concebidos; novas práticas sociais e novas técnicas suscitaram experimentações e novas formas de projetar, construir e intervir nas cidades.

A distância de um século deste momento de intensa problematização das possibilidades e tensões da vida urbana é uma oportunidade de mapear percursos, permanências, rupturas, disjunções cronológicas de conceitos, ideários, práticas, e identificar sua apropriação e ressignificação em   contextos sociais, políticos, econômicos e culturais diversos.

Na perspectiva de compreender o passado como objeto de reconstrução sempre reiniciada a partir do presente, propõe-se a elaboração de interpretações, revisões e sínteses dos repertórios sobre a tríade Cidade, Arquitetura e Urbanismo mobilizados ao longo do século XX.

Período para submissão de textos e pôsteres: de 09 de novembro de 2015 a 04 de março de 2016

Divulgação dos trabalhos aceitos: 23 de maio de 2016

Inscrições AQUI

Fonte: site do evento

Ciclo de Palestras “Diálogos de História da Construção entre Portugal e o Brasil”, na FAU Maranhão

Ministrado pelo prof. Dr. João Mascarenhas Mateus, da Universidade de Lisboa.

Para se poder “escrever” a História da Construção em Portugal e no Brasil, há que revisitar variados capítulos da história do conhecimento comum às duas culturas. Apesar de inúmeros contributos fundamentais para esta análise terem sido já produzidos por várias disciplinas – em torno por exemplo da tratadística e da história das tecnologias e das indústrias – são necessários estudos transversais que abordem histórias e experiências locais no contexto complexo dos grandes momentos de inovação tecnológica e da história universal. Como disciplina autônoma, a História da Construção está dando ainda os primeiros passos. No entanto, é possível identificar já não só grandes períodos e especificidades próprias de cada um dos nossos países como também complexos processos de hibridismo no âmbito das técnicas, dos materiais, das máquinas e dos sistemas de organização econômica e social. Neste contexto, estas palestras procuram refletir sobre metodologias e fontes bibliográficas a parir das quais se poderão construir sólidas leituras sobre as várias problemáticas envolvidas neste vasto campo de estudos.

O evento é uma iniciativa conjunta do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo e do Centro de Preservação Cultural da Universidade de São Paulo – CPC-USP, e faz parte das atividades da disciplina AUH-5852 Técnicas Construtivas Tradicionais seu emprego em Edifícios Históricos, da Área de Concentração em História e Fundamentos de Arquitetura e do Urbanismo.

Data: 24 e 26 de novembro de 2015
Horário: das 15h às 19h
Local: FAU Maranhão
Endereço: Rua Maranhão, 88, Higienópolis. São Paulo – SP

Não há necessidade de inscrição prévia

Fonte: http://www.fau.usp.br/noticias/13_11_ciclo_de_palestra_historia_da_construcao.pdf

Curso de difusão “Lugares de Memória das Ditaduras na América Latina”, no CPC-USP

memoria am latina

 

Coordenador:
Prof. Dr. Renato Cymbalista

Especialistas:
Ana Paula Ferreira de Brito
Deborah Regina Leal Neves
Katia Regina Felipini Neves
Milton Luiz Belintani Filho
Ricardo Ramos Assumpção
Rodrigo Luis Millan Valdes

As ditaduras e o terrorismo de estado são elementos recorrentes na história da maior parte dos estados nacionais latino- americanos na segunda metade do século XX, em que pesem as especificidades dos processos históricos de cada país. As narrativas e acontecimentos dos períodos autoritários, assim como as correlações de forças e a mobilização social, resultaram em processos diferentes de mobilização – ou apagamento – dos lugares associados à memória dos diferentes períodos autoritários. Em São Paulo, nos últimos anos vem crescendo e amadurecendo a temática dos lugares de memória e consciência relacionados à ditadura, com a reinauguração do Memorial da Resistência (antigo Memorial da Liberdade), o tombamento do DOICODI na Rua Tutoia e com a cessão de possa de antiga Auditoria Militar na Rua Brigadeiro Luiz Antonio à OAB e ao Núcleo de Preservação da Memória Política para a instalação do Memorial da Luta pela Justiça. Tal situação constrói novos desafios referentes à identidade de cada um desses espaços e à sua articulação em rede. Nesse contexto, é altamente pertinente o conhecimento do significativo acervo de experiências que vêm sendo operadas há vários anos nos diferentes países da América Latina em sítios de memória e consciência, os instrumentos e atores sociais envolvidos, assim como as especificidades dos diferentes contextos políticos.
O curso de difusão propõe-se a problematizar tais experiências, objetivando atingir-se um novo patamar nos processos de memorialização do período de ditadura no Brasil.

Programa:

29/09 Aula1
Apresentacao do curso. Estado da arte dos processos de memorialização da ditadura no Brasil. Grupo de pesquisa+Memorial+Núcleo Memória Política. Professora convidada Ana Paula Brito.

06/10 Aula 2
O lugar das instituições e instrumentos do Patrimônio Histórico, em perspectiva comparada. Professora convidada Deborah Neves.

13/10 Aula 3
Reparação e Resistência: a memorialização promovida pelo estado e pela sociedade civil. Professora convidada Katia Felipini

17/10 – Visita a campo 1
Casa do Povo. Coordenador: Ricardo Assumpção.

20/10 Aula 4
Ditaduras, resistência e transições democráticas na América Latina. Professor coordenador Renato Cymbalista.

24/10 – Visita a campo 2
Sítio da morte de Marighella/DOICODI. Coordenador: Ricardo Assumpção

27/10 Aula 5
Comissões da Verdade – convidados da USP, PUC, Mackenzie, PMSP, Sindicato dos Jornalistas de SãoPaulo. Professor convidado Milton Bellintani.

3/11 Aula 6
Representações, acervos e museografia. Professor convidado Rodrigo Millan.

Público-alvo: Estudantes de graduação e pós-graduação em Ciências Humanas, Arquitetura, Museologia, Direito e Artes; professores, educadores, profissionais de museus e gestores públicos

Período: 29/9 a 3/11, terças-feiras, das 18h30 às 21h30. As visitas a campo acontecerão aos sábados das 10h às 13h.

Carga horária: 24h

Cadastro para inscrições: até 7/9/2015 no link http://goo.gl/forms/qsDLjMepXq

IMPORTANTE: haverá seleção. O cadastro da inscrição não garante a vaga no curso.

O resultado da seleção será comunicado por email até 14/9/2015.

Total de vagas oferecidas: 40

Taxa de inscrição: R$ 180,00 (inscrição + envio do certificado pelos Correios)

Vagas gratuitas: 5
Docente: 1
Discente: 1
Funcionário: 1
Terceira idade: 1
Outros/Comunidade: 1

25. Política de Isenções
Serão vistos caso a caso, pela Diretoria do CPC, sendo os critérios: 1) ordem de solicitação no ato do envio da ficha de pré-inscrição. 2) sócio-econômico – que possibilitará beneficiar aqueles que não tenham condições de pagar a taxa de inscrição.
IMPORTANTE: manifestar intenção pela isenção da taxa.

22. Critérios de Seleção
Análise de justificativa de intenção.

26. Critérios de aprovação
Frequência mínima exigida de 85%, bem como participação nas atividades. Carga horária mínima de 21h para aprovação do aluno.

Fonte: CPC-USP

1° Workshop de Morfologia Urbana / PNUM “Diferentes Abordagens no Estudo da Forma Urbana”

[clique na imagem para ampliá-la]

4_maio_pnum_workshop_2015_poster_branco

Fonte: FAUiNFORMA

Lançamento de Livro do Prof. Nestor Goulart Reis, dia 18 de dezembro de 2015

anhangueraconvitedigital_af2