Artista cria retrato de arquitetos com desenhos de suas obras

Notícia da Folha de S. Paulo

15/05/2014 – 07h30 | DE SÃO PAULO

“Cada arquiteto é sua arquitetura”. Foi com esse lema que o arquiteto espanhol Federico Babina criou a série “Archiportraits”. Nela, os rostos de 33 grandes nomes da arquitetura mundial são feitos com elementos de seus respectivos projetos.

“Eu estudei a face e o trabalho de alguns dos mais importantes protagonistas da arquitetura contemporânea para conseguir fazer esses retratos”, conta Babina.

A série utiliza elementos arquitetônicos, como janelas, colunas, escadas e fachadas para compor os rostos. “Um retrato é como o espelho da alma e a ideia era reunir em uma única imagem o arquiteto e sua obra”, diz Babina.

Entre as ilustrações, há a iraniana Zaha Hadid, o francês Le Corbusier, o norte-americano Frank Lloyd Wright e os brasileiros Oscar Niemeyer e o arquiteto e paisagista Roberto Burle Marx.

Os retratos podem ser comprados por US$ 25 (cerca de R$ 55) no site do arquiteto.

[clique nas imagens para ampliá-las]

Anúncios

British Library disponibiliza mais de um milhão de imagens para uso livre

No Flickr da British Library você encontra mais de um milhão de imagens em boa definição para uso livre.

BLFlickr1

BLFlickr2

BLFlickr3

BLFlickr4

BLFlickr5

Try Helvetica

Para nossos colegas do Design Gráfico, dedicamos esse tumblr: http://tryhelvetica.tumblr.com/

 

 

 

 

 

 

Artigo do Blog da Biblioteca da ECA-USP sobre a ArtStor

Indicamos a leitura do artigo sobre a biblioteca digital de imagens ArtStor, que abrange as áreas de artes, arquitetura, humanidades e tecnologia, no blog da Biblioteca da ECA-USP.

Projeto Arquigrafia e a divulgação de imagens na internet

Projeto Arquigrafia deu um importante passo para a divulgação de imagens na internet.

Hoje, dia 12/01/2012, o prof. Carlos Lemos assinou o primeiro “TERMO DE AUTORIZAÇÃO DE DIFUSÃO DE IMAGENS FOTOGRÁFICAS NA INTERNET”.

Coordenado pelo prof. Artur Rozestraten, o projeto desenvolve uma rede de compartilhamento de imagens digitais da arquitetura brasileira.

Projeto ARQUIGRAFIA ganha a medalha de ouro na II OLIMPÍADA USP DE INOVAÇÃO

O Projeto ARQUIGRAFIA que  ganhou a medalha de ouro na II OLIMPÍADA USP DE INOVAÇÃO, na área de TECNOLOGIAS SOCIAIS APLICADAS E HUMANAS é  coordenado pelos professores Artur Rozestraten (FAUUSP), Marco Gerosa (IME-USP), Maria Laura Martinez (ECA-USP) e  Fabio Kon (IME-USP).

Esse projeto reúne uma equipe multidisciplinar de pesquisadores para a criação de um ambiente colaborativo para a visualização, interação e compartilhamento de imagens digitais de arquitetura – fotografias, desenhos e vídeos – na Internet.

Considerando  a inexistência de um acervo específico de imagens de arquitetura, organizado e disponível para amplo acesso na Internet, esse projeto permitirá a criação coletiva e colaborativa de um conjunto iconográfico que virá a complementar o material visual existente a respeito da arquitetura brasileira, colaborando para estimular a cultura arquitetônica,  promover a interação entre diferentes perfis de usuários na Internet e também em diferentes espaços urbanos reais.

A convergência de duas experiências anteriores fundamenta conceitualmente a proposta do projeto Arquigrafia.

A primeira dela é a iniciativa de doação de imagens fotográficas que originou o acervo de slides da Biblioteca da FAUUSP.  Tal ação coletiva, empreendida por alunos e professores articulados  em torno do MUSEU  e do GFAU, desde meados dos anos 60, resultou na composição do maior acervo de imagens de arquitetura do hemisfério sul , com mais de 82 mil imagens.

A segunda é o projeto do Museu de Crescimento Ilimitado (1939) de Le Corbusier(1887-1965), proposto como uma espiral quadrada, que configuraria um ambiente linear capaz de se expandir  continuamente, no ritmo da ampliação permanente de seu acervo.

A iniciativa colaborativa que, entre os anos 60 e 80, em outro contexto e com outros recursos técnicos, formou o acervo atual de slides da FAUUSP, pode ser reformulada hoje no Arquigrafia com o mesmo caráter, mas em uma escala muito mais abrangente,  em um ambiente virtual na Web2.0, de crescimento contínuo e ilimitado.

No momento a equipe do projeto inicia a experiência de digitalização e integração gradual dos slides do acervo da Biblioteca  da FAUUSP referentes a arquitetura brasileira – cerca de 37 mil imagens –  catalogando individualmente as imagens (MARC), reconhecendo os direitos autorais de cada autor (Creative Commons) e as características específicas desse acervo fotográfico singular, especialmente rico quanto à arquitetura paulista.

O projeto conta também com apoio da RNP, FAPESP e Pró-reitoria de Pesquisa da USP.

 
(Informações do texto retiradas de ROZESTRATEN, A.S. e outros. Arquigrafia – ambiente colaborativo para o compartilhamento de imagens de arquitetura. In: SEMINÁRIO IBERO-AMERICANO ARQUITETURA E DOCUMENTAÇÃO, 2., 2011, Belo Horizonte. Cadernos de Resumos. Belo Horizonte:UFMA/MACPS/ieds, 2011. p.44-46.)