Palestra: “Experiências em recuperação estrutural de edifícios de interesse histórico”, na FAU Maranhão

[clique na imagem para ampliá-la]

Experiências em recuperação

Anúncios

Publicação: “Biodeterioração do patrimônio histórico documental”

Clique aqui para ler a publicação “Biodeterioração do patrimônio histórico documental”, ou acesse o link:

http://www.mast.br/pdf/livro_millagros_portugues.pdf

Curso: Zeladoria do Patrimônio Histórico Edificado Paulista

A Associação Museu de Arte Sacra de São Paulo (SAMAS), o Estúdio Sarasá e a Faculdade de São Bento abrem inscrições para curso Zeladoria do Patrimônio Histórico Edificado Paulista, com oito meses de duração. 

O curso visa capacitar profissionais em ações de gestão, salvaguarda e valorização do patrimônio edificado paulista e tem entre seus objetivos abrir frentes de trabalho no campo da zeladoria patrimonial, a exemplo do que aconteceu nas obras de salvaguarda do Museu Nacional de Açúcar e do Álcool, do Instituto Cultural Engenho Central em Pontal/SP, no segundo semestre de 2013. Entre os desdobramentos do programa, três zeladores foram contratados para integrar as atividades deste instituto.

As aulas serão iniciadas em 28 de março e se estenderão até 6 de dezembro. A carga horária total do curso é de 213 horas. Ao final, os alunos receberão certificado assinado pelo Museu de Arte Sacra de São Paulo, pela Faculdade São Bento e pelo Estúdio Sarasá.

Conteúdo programático disponível no site do Museu  http://www.museuartesacra.org.br/pt/acontece      

Informações 

Inscrições: até 14/03/14. Enviar mini-currículo e breve texto (até 250 toques) sobre o tema “Meu interesse pela Zeladoria do Patrimônio Histórico” para o e-mail mfatima@museuartesacra.org.br 
Período de seleção curricular: 17/03 a 19/03
Seleção presencial (dinâmica de grupo): 21/03 das 19h às 22h, nas dependências do museu
Vagas: 35
Valor: R$ 250 mensais
Taxa de Inscrição: R$ 60
Critério de seleção: afinidade com a área de patrimônio histórico (via arquitetura, engenharia, administração, atividades profissionais e técnicas)
Realização do curso: 28/03/14 a 06/12/14
Dias e horários:  sextas-feiras (das 19h.às 22h) e sábados (das 9h às 13h)
Carga Horária: 213 horas
Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo
Endereço:  Av. Tiradentes, 676
Metrô: Estação Tiradentes
Estacionamento gratuito:  Rua Jorge Miranda
Informações: (11) 5627.5393

Palestra: Reconstrução da Igreja Matriz de São Luís de Tolosa (São Luiz do Paraitinga)

[Clique na imagem para ampliá-la]

nasser

Objetivo
Apresentar o processo de reconstrução de um dos símbolos da religiosidade e cultura de São Luiz do Paraitinga (SP), a igreja matriz São Luís de Tolosa, derrubada pela enchente que devastou a cidade em 1º de janeiro de 2010.

Data: 12 de setembro de 2013 (quinta-feira)
Horário: 10h
Local: Sala 809 – FAUUSP
Endereço: Rua do Lago, 876, Cid. Universitária, São Paulo – SP

Fonte: Eventos-FAU

Exposição: Patrimônio Paulista – Litoral e Vale do Paraíba, no Museu da Casa Brasileira, até 31/07/2013

A partir de 13 de maio, a cidade de Jacareí receberá a exposição “Patrimônio Paulista: Litoral e Vale do Paraíba”, acerca do patrimônio histórico das cidades da região tombado pelo Condephaat – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico. A itinerância, realizada no Museu de Antropologia do Vale, acontece por meio da parceria entre o Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, e o SISEM-SP (Sistema Estadual de Museus), por meio da qual o MCB leva a cidades paulistas conteúdos importantes já mostrados anteriormente em seu espaço expositivo.

“Patrimônio Paulista: Litoral e Vale do Paraíba” reúne fotografias de Iatã Cannabrava e textos da cientista social Margarida Cintra Gordinho presentes no livro homônimo que deu origem à mostra. A seleção de imagens que o visitante irá encontrar no Museu de Antropologia do Vale contextualiza a situação de bens tombados em cidades do Vale do Paraíba e da faixa litorânea do estado de São Paulo pelo Condephaat, órgão da Secretaria da Cultura para a proteção ao patrimônio do Governo do Estado de São Paulo, salientando a importância de sua preservação.

A mostra traz antigas vilas que foram amplamente exploradas pelos portugueses nos séculos 16 e 17 e cidades como Santos, Iguape, Cananéia, Jacareí, entre outras, que guardam até hoje memória da cultura material de seu passado, assim como marcos de arquitetura contemporânea.

“No litoral norte, Ilhabela e Ubatuba preservam edificações que testemunham a riqueza que a cana-de-açúcar e a navegação de cabotagem geraram para a região e São Sebastião, por suas atividades portuárias contemporâneas, tornou-se um município estratégico e que guarda um Centro Histórico significativo. Em Santos, o Centro Histórico e a área portuária são testemunhos da pujança do café, que séculos mais tarde transformaria a cidade numa das mais prósperas do país, com seu porto e seus negócios de exportação”, conta Cintra, autora do livro de mesmo nome que deu origem à exposição.

Sobre o Museu de Antropologia do Vale
O Museu de Antropologia do Vale está situado no Solar Gomes Leitão, uma construção de 1857 de paredes e forros com pinturas artísticas que expõem a convivência das tradições coloniais e dos elementos neoclássicos. Entre 1895 e o fim da década de 1970, o edifício sediou o Grupo Escolar Coronel Carlos Porto. Tombado como monumento de interesse histórico e documental em dezembro de 1978, o local sedia o Museu de Antropologia do Vale do Paraíba desde 1980.

Abertura: 13 de maio às 20h
Visitação: até 31 de julho, terça a sexta, das 9h às 17h.
Sábados, domingos e feriados, das 11h às 17h

Realização: MCB, Sisem e Condephaat
Apoio: Prefeitura de Jacareí, MAV e Editora Terceiro Nome

MAV – Museu de Antropologia do Vale
Rua XV de Novembro, 143 – Centro – Jacareí
Tel.: (12) 3953-3574

Fonte: MCB

Semana de Valorização do Patrimônio Histórico e Cultural da Cidade de São Paulo

[Clique na imagem para ampliá-la]

Memórias e urbanidades paulistanas: 29 de outubro a 1º de novembro de 2012

A Semana de Valorização do Patrimônio Histórico e Cultural integra o calendário de atividades da Cidade de São Paulo e é promovida pelo Departamento do Patrimônio Histórico (DPH) da Secretaria Municipal de Cultura (SMC). O evento de 2012 enfoca os temas da urbanidade e da memória. Através da apropriação dos espaços públicos – e, portanto, do acolhimento da cidade e da construção de uma identidade e de uma memória –, busca-se a valorização do patrimônio cultural.

Turismo cultural, arte pública e cidadania, e memória urbana serão os objetos de discussões de palestras e mesas redondas que ocorrerão nos dias 29, 30 e 31 de outubro, no Auditório da Biblioteca Mário de Andrade (Rua da Consolação, 94). As atividades culturais programadas para o evento deste ano incluem visitas monitoradas ao centro histórico, edifícios, parques, obras de arte e ao Cemitério da Consolação.

As inscrições serão feitas durante o evento, a cada dia, na recepção da Biblioteca Mário de Andrade, sempre a partir das 13h00, e permanecerão abertas até a lotação completa do auditório. Ao final de cada dia, serão distribuídos os certificados.

PROGRAMAÇÃO*

29/10/2012 – segunda-feira

13h-14h – Credenciamento

14h – Abertura Carlos Augusto Machado Calil (Secretário Municipal de Cultura)

14h15-15h45 – Palestra “Memórias e urbanidades paulistanas”
José de Souza Martins (FFLCH/USP)

15h45-16h – Intervalo

16h-18h – Mesa redonda “Turismo e patrimônio”
Mário Jorge Pires (ECA/USP)
Vera Lúcia Dias (guia cultural)
Moderador: José Roberto Neffa Sadek (Secretário Adjunto da Cultura)

30/10/2012 – terça-feira

13h-14h – Credenciamento

14h-15h30 – Palestra “Memórias afetivas da metrópole”
Ugo Giorgetti (SP Filmes de São Paulo)

15h30-16h – Intervalo

16h-18h – Mesa redonda “Memória e espaço urbano”
Francisco Folco (Memorial Penha de França)
Fraya Frehse (FFLCH/USP)
Moderador: José Eduardo de Assis Lefèvre (Presidente do CONPRESP)

31/10/2012 – quarta-feira

13h-14h – Credenciamento

14h-15h30 – Palestra “Arte e espaço público”
Walter Pires (Diretor do DPH)

15h30-16h – Intervalo

16h-18h
Mesa redonda “Arte pública e cidadania”
Eduardo Srur (artista plástico)
Vera Pallamin (FAU/USP)
Moderador: Sérgio Luís Abrahão (Arquiteto do Gabinete do DPH)

ATIVIDADES EXTERNAS E VISITAÇÃO MONITORADA
Durante o evento, no saguão da Biblioteca Mário de Andrade, serão exibidos documentários de B.J.Duarte sobre a cidade de São Paulo, pertencentes ao acervo da Cinemateca Brasileira.
Curadoria Casa da Imagem / Museu da Cidade de São Paulo

29/10/2012 – segunda-feira
Caminhada noturna pelo Centro da cidade e Jornada Fotográfica
18h30-20h – Ponto de encontro: em frente à biblioteca
Carlos Beutel (Restaurante Vegetariano Apfel)
André Douek (Museu da Cidade de São Paulo)

30/10/2012 – terça-feira
Visita monitorada ao Cemitério da Consolação
10h-12h – Ponto de encontro: em frente ao cemitério
Francivaldo Gomes (Serviço Funerário Municipal)

Visita monitorada à Biblioteca Mário de Andrade
11h-13h – Ponto de encontro: em frente à biblioteca

31/10/2012 – quarta-feira
Visita ao Parque Jardim da Luz e Jornada Fotográfica
10h-12h – Ponto de encontro: em frente à administração do parque
Projeto Trilhas Urbanas (SVMA)
André Douek (Museu da Cidade de São Paulo)

01/11/2012 – quinta-feira
Visita ao Parque Trianon e Jornada Fotográfica
10h-12h – Ponto de encontro: em frente à administração do parque
Projeto Trilhas Urbanas (SVMA)
André Douek (Museu da Cidade de São Paulo)

Visita às obras de restauração da Fonte Monumental
14h-16h – Ponto de encontro: em frente ao portão de entrada do canteiro de obras, na altura do número 179 da Rua Vitória
Fábio Donadio (Arquiteto do DPH)

Fonte: Secretaria Municipal de Cultura

Semana de Valorização do Patrimônio Histórico 2010

[Clique na imagem para ampliá-la]