Tese de aluna da FAUUSP recebe Menção Honrosa no Prêmio CAPES de Tese – Edição 2014

A aluna de pós Graduação da FAUUSP Gisela Barcellos de Souza recebeu menção honrosa no Prêmio CAPES de Tese Edição 2014, pela tese – Tessituras híbricas ou o duplo regresso: encontros latino-americanos e traduções culturais do debate sobre o retorno à cidade. Seu orientador foi o Professor Dr. Paulo Bruna.

Parabéns a ambos por essa premiação!

medalha

:

Anúncios

28º Prêmio Design Museu da Casa Brasileira – inscrições até 18/08/2014

O Prêmio Design MCB abre até 18 de agosto as inscrições para sua 28ª edição, que conta com a participação de profissionais e estudantes em oito categorias: Construção, Eletroeletrônicos, Iluminação, Mobiliário, Utensílios, Têxteis, Transporte e Trabalhos escritos, além de suas modalidades protótipo, reservadas a projetos que ainda não estejam em produção. Realizado desde 1986 pelo Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o mais renomado e prestigiado prêmio nacional do segmento revela talentos e consagra profissionais e empresas.

Anunciadas pela peça vencedora do Concurso do cartaz, criada por Vicente Pessôa, as inscrições serão analisadas por duas comissões julgadoras independentes, formadas por renomados profissionais e acadêmicos da área. O júri elegerá os premiados e os finalistas, que serão exibidos a partir de 27 de novembro de 2014 na exposição 28º Prêmio Design MCB, quando também será realizada a cerimônia de premiação em homenagem aos participantes. O 1º lugar de cada categoria receberá R$6mil, o primeiro de cada modalidade, R$2mil. O valor da taxa de inscrição é de R$60. Confira abaixo o desconto especial oferecido nesta edição.

Clique [aqui] para fazer sua inscrição.

Participe. Você também pode indicar o contato de pessoas e empresas cujos trabalhos considere interessantes. Envie para nossa equipe, no e-mail: indicapremio@mcb.org.br.
Dúvidas? Escreva para 28premiodesign@mcb.org.br

Desconto para escolas e estudantes
Com o objetivo de estimular a participação de escolas e estudantes, o MCB oferecerá condições especiais de pagamento. Às escolas que organizarem inscrições junto aos seus alunos, a partir de 20 inscritos, será concedido desconto na taxa de inscrição, que passará de R$60 para R$30 cada. Os trâmites devem ser tratados diretamente entre o MCB e as instituições, por meio dos coordenadores dos cursos ou professores responsáveis.

Ação especial para Trabalhos escritos não publicados
Esta edição também traz novidades para os inscritos na modalidade “Trabalhos escritos não publicados”, reservada a trabalhos de pós-graduação cujo tema central esteja ligado a design, arquitetura, urbanismo e paisagismo: os premiados com menção honrosa, 2º lugar ou 1º lugar poderão ter suas obras avaliadas pelo Conselho editorial do Senac, que fornecerá aos autores um parecer, elaborado por sua equipe técnica, sobre a capacidade de publicação dos trabalhos, apontando sugestões e orientações. Além do parecer técnico, a ação também poderá viabilizar a publicação das obras, caso sejam selecionadas pelo Conselho editorial do Senac, passando a integrar a cartela de títulos da editora, mediante acerto prévio com os autores. A ação é fruto da parceria entre o Senac São Paulo e o Museu da Casa Brasileira.

Confira o calendário da premiação
-inscrições – 21/7 a 18/8
-pagamento da taxa de inscrição – até 19/8
-finalizar inscrições – até a meia noite de 25/8
-entrega de trabalhos escritos – até as 18h de 27/8

Acesse aqui: Regulamento e Dúvidas frequentes.
Esta edição tem o apoio de Casa Claudia, Arquitetura & Construção, Senac São Paulo, ArcDesign, Paralela Gift e Arq!Bacana

Fonte: MCB

7º Prêmio O Melhor da Arquitetura

premio

Premiação dará ênfase aos grandes temas da boa arquitetura na melhoria da qualidade dos espaços nas cidades

As inscrições para sétima edição do prêmio “O Melhor da Arquitetu­ra 2014”, promovido pela revista Arquitetura & Construção, da Editora Abril, estão abertas e vão até 4 de julho pelo site www.melhordaarquitetura.com.br.

O evento tem como objetivo premiar os melhores projetos arquitetônicos realizados no Brasil e destacar a criatividade e a inovação dos arquitetos do país.

Segundo a redatora-chefe da revista, Marianne Wenzel, “o prêmio serve também para democratizar o debate sobre os grandes temas da arquitetura. Aos poucos, principalmente no Brasil, a população começa a perceber a importân­cia da organização e qualidade dos espaços, sejam eles públicos ou privados”.

Desde abril, até outubro, a revista Arquitetura & Construção está pro­duzindo uma série de reportagens que exploram grandes temas do universo da arquitetura. Entre elas, já foram publicadas “A arquitetura generosa”, sobre o envolvimento do trabalho de arquitetos com projetos voltados ao bem estar social e a “Arquitetura Open-Source”, onde escritórios ou profissionais disponi­bilizam projetos para serem baixados na internet, para que o maior número de pessoas possam se beneficiar de uma organização de espaço com mais qualidade.

As inscrições para concorrer ao prêmio “O Melhor da Arquitetura” são gratuitas e devem ser feitas no site, por meio do preenchimento de um formulário, com a ficha técnica e entrega do material para seleção prévia (primeira fase), conforme as regras expostas no regulamento. Os critérios básicos de avaliação da comissão julgadora são: inovação, solução plástica, implantação e integração com o entorno, sustenta­bilidade ambiental, acessibilidade, conforto termoacústico e materiais. Na segunda fase da premiação (29 de agosto a 25 de setembro), haverá a votação, via internet.

Os vencedores (um por categoria) receberão o troféu “O Melhor da Arquitetu­ra”, além da publicação dos projetos na revista. Os projetos arquitetônicos inscritos devem se enquadrar nas 10 categorias da premiação como obras realizadas e concluí­das no território nacional no período de 1o de janeiro de 2011 a 31 de maio de 2014.

As categorias são: Intervenção Urbana; Retrofit; Escolas e Universidades; Bares e Restaurantes; Edifícios Culturais; Edifícios Comerciais acima de 04 (quatro) pavimen­tos ou 500 m2 (quinhentos metros quadrados); Espaços Comerciais (casas noturnas, lojas, escritórios, showrooms; Condomínios residenciais; Reforma residencial, con­tendo 02 (duas) subcategorias: Reforma de casa; Reforma de apartamento; Residen­cial, contendo 03 (três) subcategorias: Casa de praia; Casa de campo; Casa de cidade.

Em 2013, foram 477 projetos inscritos, 59 finalistas (selecionados pela redação e submetidos a um júri de nove profissionais) e 18 premiados. A definição dos vencedores leva em conta também a votação dos leitores e internautas.

“O MELHOR DA ARQUITETURA”

Inscrições:

ATÉ 4 DE JULHO

Entrega do material para seleção prévia – 1a fase:

11 DE JULHO

Divulgação oficial dos finalistas por categoria ou subcategoria:

18 DE AGOSTO

Votação pelo site da revista Arquitetura & Construção:

29 DE AGOSTO A 25 DE SETEMBRO

Entrega dos prêmios:

05 DE NOVEMBRO

Entrega da 57ª edição do Prêmio APCA acontece hoje

A cerimônia de entrega aos contemplados da 57ª edição do Prêmio APCA acontece hoje, 11 de março de 2014, às 19h30, no Teatro Paulo Autran, no Sesc Pinheiros, em São Paulo. Veja como ficou a premiação na categoria Arquitetura:

Homenagem pelo conjunto da obra: Carlos A. C. Lemos
Melhor obra: Biblioteca Brasiliana Mindlin – Autores: Eduardo de Almeida e Rodrigo Mindlin Loeb
Obra referencial: Centro Paula Souza – Autores: Pedro Taddei e Francisco Spadoni
Registro de arquitetura: Nelson Kon
Fronteiras da arquitetura: Bom Retiro 958 metros – Autores: Guilherme Bonfanti (luz) e Carlos Teixeira (direção de arte)
Promoção à pesquisa: Concurso Estação Antártica Comandante Ferraz/ SECIRM – Secretaria da Comissão Interministerial para Recursos do Mar/ Secretário Geral Contra-Almirante Marcos Silva Rodrigues
Urbanidade: Conjunto Residencial Jardim Edite – Autores: MMBB Arquitetos (Marta Moreira, Milton Braga e Fernando de Mello Franco) e H+F Arquitetos (Eduardo Ferroni e Pablo Hereñú)

Votaram: Abílio Guerra, Fernando Serapião, Guilherme Wisnik, Maria Isabel Villac, Mônica Junqueira Camargo, Nadia Somekh e Renato Luiz Anelli.

Fonte: Comunicação FAU

APCA divulga os melhores de 2013

Notícia do Estadão

52 críticos se reuniram para escolher os destaques em 11 categorias

A Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) manteve a tradição de ser a primeira organização a divulgar a lista dos melhores do ano. Na noite dessa segunda-feira, 52 críticos se reuniram para escolher os destaques em 11 categorias: arquitetura, artes visuais, cinema, dança, literatura, música popular, música erudita, rádio, teatro, teatro infantil e televisão. A cerimônia de entrega a todos os artistas contemplados desta 57ª edição do Prêmio APCA acontecerá em março de 2014, em data a ser divulgada, no Teatro Paulo Autran, no Sesc Pinheiros, em São Paulo.

Veja a lista completa dos vencedores:

ARQUITETURA
Homenagem pelo conjunto da obra: Carlos A. C. Lemos
Melhor obra: Biblioteca Brasiliana Mindlin – Autores: Eduardo de Almeida e Rodrigo Mindlin Loeb
Obra referencial: Centro Paula Souza – Autores: Pedro Taddei e Francisco Spadoni
Registro de arquitetura: Nelson Kon
Fronteiras da arquitetura: Bom Retiro 958 metros – Autores: Guilherme Bonfanti (luz) e Carlos Teixeira (direção de arte)
Promoção à pesquisa: Concurso Estação Antártica Comandante Ferraz/ SECIRM – Secretaria da Comissão Interministerial para Recursos do Mar/ Secretário Geral Contra-Almirante Marcos Silva Rodrigues
Urbanidade: Conjunto Residencial Jardim Edite – Autores: MMBB Arquitetos (Marta Moreira, Milton Braga e Fernando de Mello Franco) e H+F Arquitetos (Eduardo Ferroni e Pablo Hereñú)
Votaram: Abílio Guerra, Fernando Serapião, Guilherme Wisnik, Maria Isabel Villac, Mônica Junqueira Camargo, Nadia Somekh e Renato Luiz Anelli.

Clique aqui para continuar lendo

Alunos da USP vencem concurso mundial de aviação na França

Notícia do G1

Equipe brasileira é formada por quatro alunos de design da USP. Competição reuniu 6 mil estudantes de 82 países.

concurso-air-bus_1

O Brasil venceu a terceira edição do concurso mundial chamado “Fly your ideas”, promovido pela Airbus, na sede da empresa, em Toulouse, na França. O grupo desenvolveu um sistema de carregamento e descarregamento de bagagens para compartimentos de carga de aeronaves. O prêmio foi de 30 mil euros.

A equipe brasileira é formada por cinco integrantes, um deles, Henrique Corazza, estudante de bacharelado em design na Universidade de Loughborough, no Reino Unido. Os demais, Leonardo Akamatsu, Adriano Furtado, Caio Reis, e o líder do grupo Marcos Philipson são estudantes de bacharelado em design na Universidade de São Paulo (USP).

“Visitamos fábricas de aviões, aeroportos e conversamos com funcionários para identificar problemas. O sistema funciona como se fosse um grande colchão de ar rodando como uma esteira. As bolsas de ar podem ser infladas alternadamente, o que faz as que malas obedeçam as inclinações da superfície. Podem ir para a frente ou para o fundo do porão”, Marcos Philipson, de 21 anos, 4º ano de design da USP, líder da equipe brasileira.

A competição reuniu 6 mil estudantes de 82 países. O prêmio de 15 mil euros para o segundo colocado foi para a equipe “Clima”, do Royal Melbourne Institute of Technology, na Austrália, por sua proposta para desenvolver uma aeronave movida por uma mistura de biometano liquefeito produzido de forma sustentável e gás natural liquefeito.

Segundo o vice-presidente executivo de engenharia da Airbus e embaixador do concurso “Fly Your Ideas”, Charles Champion, os projetos foram analisados por engenheiros experientes da Airbus, que ficaram impressionados com a qualidade do trabalho e da inovação.

Durante toda a competição, os mentores e especialistas da Airbus trabalharam juntamente com as equipes, orientando e apoiando seus projetos. As equipes são multinacionais e multiculturais, e os estudantes vêm das mais variadas áreas como engenharia mecânica e aeroespacial, passando por administração e design.

Japonês Toyo Ito ganha o prêmio Pritzker, o “Nobel da arquitetura”

Notícia da Folha de S. Paulo

O japonês Toyo Ito, 71, é o grande vencedor do prêmio Pritzker, o mais importante da arquitetura mundial. O anúncio foi feito neste domingo (17) por Thomas J. Pritzker, diretor da fundação Hyatt, mas a cerimônia de entrega da medalha de bronze e de US$ 100 mil (R$ 200 mil) será em 29 de maio, na biblioteca e museu John F. Kennedy, em Boston.

Ito, cujo trabalho é mais centrado em Tóquio, é o sexto japonês a ganhar o “Nobel da Arquitetura”. De acordo com o anúncio, o oriental foi escolhido por seu “design criativo e prédios atemporais”.

Conhecido por sua criatividade e ousadia nas formas, Toyo Ito começou a trabalhar em 1965 na Kiyonori Kikutake & Associates após sua formatura, em Tóquio. Seis anos depois, fundou o próprio estúdio, Urban Robot –que virou Toyo Ito & Associates, Architects no fim dos anos 1970.

toyo

O arquiteto japonês Toyo Ito, vencedor da edição 2013 do Prêmio Pritzker, considerado o mais importante da arquitetura

Concebeu de simples casas em formato de U a estádios que lembram serpentes. O arquiteto considera a estrutura semitransparente da Sendai Mediatheque, no Japão, um de seus trabalhos preferidos. Mas Ito é conhecido também pelo prédio Tod’s Omotesando, em Tóquio, que é coberto por uma camada branca que serve como uma “segunda pele”.

“A arquitetura é limitada por vários impedimentos sociais. Desenhei meus projetos com o pensamento de que seria possível criar mais espaços confortáveis se nos libertássemos de todas as amarras mesmo por um instante”, disse o arquiteto após o anúncio do prêmio. “Contudo, quando meu edifício é finalizado, desperto dolorosamente para minha inadequação. E isso se transforma em energia para o próximo projeto.”

toyo2

Um dos edifícios mais emblemáticos de Toyo Ito, a Torre dos Ventos (1986), em Yokohama, no Japão